Comparando com 2016, Flamengo é o clube que mais perde público no Brasileiro

ESPN.com.br

Ilha do Urubu recebe os jogos do Flamengo no Brasileiro
Ilha do Urubu recebe os jogos do Flamengo no Brasileiro Gilvan de Souza/Flamengo

Considerando os 16 times que disputaram a Série A do Campeonato Brasileiro em 2016 e seguem na elite em 2017, o Flamengo é o clube que, percentualmente, mais perdeu público até agora na competição. Na temporada passada, no Brasileirão, a média de público do Flamengo como mandante foi de 24.542 pessoas. Na atual edição do campeonato, a média é de 14.574 espectadores, registrando uma queda de aproximadamente 40%.

Atuando na Ilha do Urubu durante boa parte do Campeonato Brasileiro, o Flamengo não tem conseguido lotar o estádio, que possui capacidade estimada para 20.215 pessoas. A média flamenguista de pagantes na Ilha é de 11.936 torcedores, com ocupação média do estádio de 59%, segundo dados do GloboEsporte.com.


O maior público no estádio até aqui foi na partida entre Flamengo e Grêmio, na qual os gaúchos levaram a melhor pelo placar de 1 a 0. Na ocasião, 16.960 pessoas pagaram o ingresso, ou seja, 83% da Ilha do Urubu estava ocupada no duelo. Isso, porém, representou apenas o 12º maior público da equipe na temporada. O novo caldeirão flamenguista não tem fervido tanto quanto se imaginava.

No Campeonato Brasileiro, a ocupação média do Flamengo como mandante é de 58%, com o ticket médio custando R$ 57. Aliás, os preços cobrados pela diretoria do clube nos ingressos têm sido criticados por enorme parte da torcida, principalmente por aqueles que não pertencem ao programa de sócio-torcedor.

Conselheiros e grupos dentro do clube também se manifestaram recentemente contrários à política de ingressos adotada pela gestão de Eduardo Bandeira de Mello. É comum ver preços de bilhetes ultrapassando a casa de R$ 280.

Visando a decisão pela sul-americana contra a Chape, o Flamengo treina e Bibiana traz as novidades; veja

Além disso, a comissão técnica do Flamengo tem priorizado em muitos momentos da temporada as disputas pelos títulos da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil. Como o time carioca está bem distante do líder Corinthians na tabela do Campeonato Brasileiro há algumas rodadas, o foco tem sido direcionado em várias oportunidades para as competições de mata-mata.

Nos últimos três compromissos da equipe pelo Brasileirão na Ilha do Urubu, por exemplo, contra Sport, Atlético-PR e Atlético-GO, o público pagante não chegou a 8.500 pessoas em nenhuma das três partidas. No Brasileiro da temporada passada, mesmo jogando em diferentes estádios, por vezes no Kleber Andrade, em Cariacica, o Flamengo apresentou números superiores quanto à presença de público. O fato de ter lutado na reta final pelo título nacional contribuiu também para o maior apoio dos torcedores.

Os números:

Flamengo - Média de público no Brasileiro de 2016: 24.542 / Média de público no Brasileiro de 2017: 14.574 / Diferença: -40%

Vitória - Média de público no Brasileiro de 2016: 13.996 / Média de público no Brasileiro de 2017: 8.955  / Diferença: -36%

Cruzeiro - Média de público no Brasileiro de 2016: 20.591  / Média de público no Brasileiro de 2017: 14.154 / Diferença: -31%

Atlético-MG - Média de público no Brasileiro de 2016:  18.560  / Média de público no Brasileiro de 2017: 14.379 / Diferença: -22%

Ponte Preta - Média de público no Brasileiro de 2016: 5.309  / Média de público no Brasileiro de 2017: 4.529 / Diferença: -14%

Palmeiras - Média de público no Brasileiro de 2016: 32.470 / Média de público no Brasileiro de 2017: 32.034 / Diferença: -1,3%

Atlético-PR - Média de público no Brasileiro de 2016:  15.751 / Média de público no Brasileiro de 2017: 15.630 / Diferença: - 0,7%

Sport - Média de público no Brasileiro de 2016: 11.968 / Média de público no Brasileiro de 2017: 12.397/ Diferença: 3,5%

Grêmio - Média de público no Brasileiro de 2016: 20.450 / Média de público no Brasileiro de 2017: 22.956/ Diferença: 12%

Santos - Média de público no Brasileiro de 2016: 11.255 / Média de público no Brasileiro de 2017: 13.782 / Diferença: 22%

Chapecoense - Média de público no Brasileiro de 2016: 7.611 / Média de público no Brasileiro de 2017: 9.543 / Diferença: 25%

Corinthians - Média de público no Brasileiro de 2016: 28.764 / Média de público no Brasileiro de 2017: 38.697 / Diferença: 34%

Coritiba - Média de público no Brasileiro de 2016: 9.893 / Média de público no Brasileiro de 2017: 13.384 / Diferença: 35%

Botafogo - Média de público no Brasileiro de 2016: 7.258 / Média de público no Brasileiro de 2017: 10.240 / Diferença: 41%

São Paulo - Média de público no Brasileiro de 2016: 22.512 / Média de público no Brasileiro de 2017: 32.411 / Diferença: 43%

Fluminense - Média de público no Brasileiro de 2016: 9.139 / Média de público no Brasileiro de 2017: 14.735 / Diferença: 61%

Comentários

Comparando com 2016, Flamengo é o clube que mais perde público no Brasileiro

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.