PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Coreia do Sul

ESPN.com.br
COREIA DO SUL

Com o empate por 0 a 0 para o Uzbequistão na rodada final das eliminatórias asiáticas, a Coreia do Sul se classificou diretamente para mais uma Copa do Mundo ao terminar na 2ª colocação do grupo A, atrás somente do Irã. A equipe, no entanto, passou longe de ter tranquilidade durante todo o processo de classificação, e só conseguiu carimbar seu passaporte na última data Fifa. Ainda assim, os sul-coreanos mantêm uma série impressionante: será o 9º mundial seguido da equipe, cuja melhor colocação foi o 4º lugar na edição de 2002, quando jogou em casa - e contou com providenciais ajudas da arbitragem. Pelo que vem mostrando nos últimos meses, porém, o time terá que melhorar muito para passar pelo menos da fase de grupos, o que aconteceu pela última vez em 2010, na África do Sul.

  • Técnico

SHIN TAE-YONG
Ex-meia atacante da seleção sul-coreana, virou treinador em 2009, quando assumiu o Seongnam Ilhwa Chunma como interino, sendo depois efetivado no cargo. Sua primeira passagem pela equipe nacional foi em 2014, quando virou interino, mas depois trabalhou três anos como assistente técnico do time. Na sequência, comandou as seleções sub-23 e sub-20 da Coreia do Sul e foi chamado para ser o treinador da principal em junho de 2017, quando o alemão Uli Stielike foi demitido após colocar a classificação dos asiáticos em risco. Shin Tae-Yong não fez nada de brilhante, mas ao menos conseguiu colocar seus comandados na Copa.

  • Craque

SON HEUNG-MIN
O atacante do Tottenham decidiu quase "sozinho" a classificação da Coreia do Sul para o Mundial. Afinal, fez nove gols nas eliminatórias, sendo o artilheiro isolado da equipe neste quesito - os vice-artilheiros, Ki Sung-Yueng e Koo Ja-Cheol, fizeram oito gols somados, quatro cada. Aos 25 anos, ele vive ótimo momento na Premier League, após fazer duas ótimas temporadas na Bundesliga pelo Bayer Leverkusen. Sua velocidade, seus gols e suas assistências despertaram o interesso dos Spurs, que o contrataram em 2015 por 30 milhões de euros (R$ 111,47 milhões). Na Copa da Rússia, os coreanos dependerão muito de seu artilheiro para sonharem.

 

  • Ficha do país

  • Capital: Seul

    Área: 100.210 km²

    Habitantes: 51.446.201 (2017)

    PIB: US$ 2,029 trilhões (2017)

  • Campanha nas eliminatórias
  • 2ª colocada do grupo A

  • Títulos
  • 0

  • Desempenho em Copas
1930 Não participou das eliminatórias
1934 Não participou das eliminatórias
1938 Não participou das eliminatórias
1950 Não participou das eliminatórias
1954 Eliminada na fase de grupos (16º lugar)
1958 Não participou das eliminatórias
1962 Não se classificou
1966 Não participou das eliminatórias
1970 Não se classificou
1974 Não se classificou
1978 Não se classificou
1982 Não se classificou
1986 Eliminada na fase de grupos (20º lugar)
1990 Eliminada na fase de grupos (22º lugar)
1994 Eliminada na fase de grupos (20º lugar)
1998 Eliminada na fase de grupos (30º lugar)
2002 Eliminada na semifinal (4º lugar)
2006 Eliminada na fase de grupos (17º lugar)
2010 Eliminada na fase de grupos (15º lugar)
2014 Eliminada na fase de grupos (27º lugar)
Comentários

PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Coreia do Sul

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.