PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Japão

ESPN.com.br
JAPÃO

Com a vitória por 2 a 0 sobre a Austrália, no dia 31 de agosto, o Japão tornou-se a 4ª seleção classificada para a próxima Copa do Mundo, depois de Rússia (país-sede), Brasil e Irã. Os "Samurais" fizeram uma eliminatória sólida e conseguiram a vaga no Mundial de maneira tranquila, sem serem ameaçados em nenhum momento. Na primeira fase, terminaram no 1º lugar do grupo E, com sete vitórias e um empate. Depois, dominaram o grupo B na segunda fase, ganhando seis, empatando duas e perdendo em apenas uma ocasião. Com isso, a equipe da terra do sol nascente garantiu sua classificação já na penúltima rodada do qualificatório asiático. Esta será a 6ª participação consecutiva dos japoneses na Copa - o país chegou duas vezes às oitavas de final, em 2002 e 2010, suas melhores campanhas.

  • Técnico

VAHID HALILHODZIC
Após fazer excelente trabalho na seleção da Argélia, que quase eliminou a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, o bósnio foi o eleito para dirigir o Japão em 2015. E a escolha não poderia ter sido mais acertada: com um trabalho muito sólido, ele foi um dos grandes responsáveis por montar uma seleção muito segura, que se destaca pela solidez defensiva e pelo poder de fogo no ataque. Sob seu comando, os "Samurais" ganharam 20 partidas e perderam só três vezes. Fora dos campos, Halilhodzic é conhecido por ser um sobrevivente da Guerra da Bósnia, e também por ter recebido um título de Cavaleiro da Legião de Honra do Governo da França, país no qual é ídolo do Nantes, devido à sua excelente passagem pela equipe quando ainda era um perigoso atacante da seleção da Iugoslávia.

  • Craque

KEISUKE HONDA
Aos 31 anos, o ex-meio-campista de Milan e CSKA Moscou vive fase decadente na carreira, tendo ido jogador no Pachuca, do México, após 10 anos no futebol europeu. No entanto, segue como um dos grandes nomes da seleção de seu país. Nas eliminatórias asiáticas, foi extremamente decisivo, marcando sete gols e terminando como artilheiro japonês no qualificatório, à frente de Shinji Kagawa, do Borussia Dortmund, que fez seis gols, e Shinji Okazaki e Genki Haraguchi, que anotaram cinco cada. Se não se lesionar, Honda tem tudo para disputar seu 3º Mundial pelo Japão no ano que vem, já que também esteve em 2010 e 2014. 

 

  • Ficha do país

  • Capital: Tóquio

    Área: 377.972 km²

    Habitantes: 126.740.000 (2017)

    PIB: US$ 5,42 trilhões (2017)

  • Campanha nas eliminatórias
  • Atual 1º colocado

  • Títulos
  • 0

  • Desempenho em Copas
1930 Não participou das eliminatórias
1934 Não participou das eliminatórias
1938 Desistiu das eliminatórias
1950 Desistiu das eliminatórias
1954 Não se classificou
1958 Não participou das eliminatórias
1962 Não se classificou
1966 Não participou das eliminatórias
1970 Não se classificou
1974 Não se classificou
1978 Não se classificou
1982 Não se classificou
1986 Não se classificou
1990 Não se classificou
1994 Não se classificou
1998 Eliminado na fase de grupos (20º lugar)
2002 Eliminado nas 8ªs de final (9º lugar)
2006 Eliminado na fase de grupos (28º lugar)
2010 Eliminado nas 8ªs de final (9º lugar)
2014 Eliminado na fase de grupos (29º lugar)
Comentários

PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Japão

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.