Tévez, Verón e mais: hackers divulgam atletas que foram autorizados a usar substâncias proibidas na Copa de 2010

ESPN.com.br

Carlos Tévez, em ação com a Argentina na Copa do Mundo de 2010
Carlos Tévez, em ação com a Argentina na Copa do Mundo de 2010 Getty

Os argentinos Carlos Tévez e Juan Sebastian Véron estão lista de 25 nomes, vazada pelo grupo de hackers russo “Fancy Bears”, de jogadores que receberam autorização para utilizar substâncias proibidas na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

O atacante e o meio-campista estão entre os cinco argentinos do documento - Diego Milito, Gabriel Heinze e Samuel são os outros – que detalha “exceções de uso terapêutico” (TUE, em inglês) e “declarações de uso” (DOU) de medicamentos no torneio.

O mesmo grupo de hackers já havia publicado papéis do tipo envolvendo esportes olímpicos e, especificamente, o atletismo. É o primeiro vazamento desse no futebol.

Entre os argentinos, Tévez, Verón, Heinze e Samuel declararam o uso de betametasona, enquanto Milito, além dessa substância, também formoterol, salbutamol e budesonida.

A betametasona, por exemplo, pode ser utilizada como antiinflamatório e não aparece na lista de medicamentos proibidos da Agência Mundial Antidopagem (WADA), mas é banida de acordo com a concentração detectada no organismo do atleta.

Outros nomes conhecidos na lista são o do holandês Dirk Kuyt (dexametasona), do alemão Mario Gomez (salbutamol) e dos italianos Vincenzo Iaquinta (betametasona) e Mauro Camoranesi (triamcinolona e xilocaína). Nenhum brasileiro é citado no documento.

"Foram coisas feitas sob as leis normais. Nós temos todos os certificados, como os têm a Fifa, a Wada (Agência Mundial Antidoping) e a AFA (Associação do Futebol Argentino)", afirmou Villani ao jornal Olé. "Milito, por exemplo, precisava de Salbutamol para uma infecção pulmonar crônica e, apesar de proibido, com este certificado ele pôde usar".

Veja a lista completa vazada pelos hackers russos:

Argélia: Ryad Boudebouz e Karim Matmour
Argentina: Diego Milito, Carlos Tévez, Juan Verón, Gabriel Heinze e Samuel
Chile: Fabián Orellana e Humberto Suazo
Costa do Marfim: Kanga Akale
Alemanha: Christian Trasch, Mario Gomez, Jorg-Hans Butt e Dennis Aogo
Grécia: Georgios Tzavellas e Pantelis Kapetanos
Itália: Vicenzo Iaquinta e Mauro Camoranesi
Holanda: Dirk Kuyt
Nova Zelândia: Tim Brown, Costa Barbarouses e Ryan Nelson
Eslováquia: Martin Jakubko
Eslovênia: Marco Suler
Estados Unidos: Heath Pearce

Comentários

Tévez, Verón e mais: hackers divulgam atletas que foram autorizados a usar substâncias proibidas na Copa de 2010

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.