Após ser detido, Tiger Woods terá de prestar serviços comunitários

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Reprodução do vídeo da detenção de Tiger Woods
Reprodução do vídeo da detenção de Tiger Woods Reprodução/ESPN

Detido em maio por aparentar embriaguez enquanto parava o carro na beira de uma rodovia na Flórida, Tiger Woods foi sentenciado a prestar serviços comunitários.

Um dos maiores golfistas de todos os tempos segue como grande personagem dos noticiários esportivos, porém, nos últimos anos de uma forma bem diferente da que todos se acostumaram. Além de cumprir a pena, segundo a agência de notícias AP, ele também terá de pagar uma multa.

Algemado, Tiger Woods fez exames e ficou isolado na delegacia após ser preso na segunda; veja

Tiger Woods foi preso por dirigir sob influência. Ele seguirá em liberdade condicional por um ano, entretanto, terá de fazer um curso de direção defensiva, pagar uma multa de 250 dólares, além de participar de 50 horas de serviços comunitários e reuniões com pessoas que se tornaram deficientes físicos por conta de acidentes automobilísticos.

Os exames toxicológicos realizados não identificaram qualquer resquício de álcool no organismo de Tiger Woods, motivo pelo qual acabou liberado. Em depoimento à Justiça, o golfista alegou que estava alterado por conta de medicamentos que havia ingerido.

Tiger Woods revela momentos de sua recuperação: 'Não sabia se conseguiria levantar da cama'

Dono de 79 vitórias no PGA Tour e 14 títulos da majors, Tiger Woods não compete oficialmente desde fevereiro em razão de uma contusão nas costas. Sua última vitória acontecer em agosto de 2013.

Comentários

Após ser detido, Tiger Woods terá de prestar serviços comunitários

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.