Dossiê Alves, 'fico' de Verratti e Neymar: como Maxwell mudou PSG com 'intensivão' no mercado

Marcus Alves, do ESPN.com.br
Maxwell (à dir.) ao lado do diretor Antero Henrique e do presidente Nasser Al-Khelaifi
Maxwell (à dir.) ao lado do diretor Antero Henrique e do presidente Nasser Al-Khelaifi Getty

Em sua pré-temporada nos Estados Unidos, uma pergunta 'marcava' os assessores do Paris Saint-Germain: a nomenclatura que Maxwell, recém-aposentado, receberia em seu novo cargo fora de campo.


Ex-lateral esquerdo, o brasileiro fez a sua primeira aparição pública como um personagem dos bastidores do PSG em 15 de julho. Ele já havia sido flagrado no Camp des Loges, centro de treinamento do clube, ainda no início daquele mês. Somente no dia 23, no entanto, a dúvida dos repórteres foi, enfim, saciada em Miami: o novo coordenador esportivo dos parisienses estava apresentado. 

A preocupação tinha motivo de ser.

A função não chega a ser nova. 

Claude Makélélé ocupou antes e, mais recentemente, Zoumana Camara também a desempenhou.

Nenhum deles teve, no entanto, o impacto que Maxwell está protagonizando ao lado do novo diretor Antero Henrique e do presidente Nasser Al-Khelaïfi.

Na tarde da última quarta-feira, foi o ex-camisa 6 o responsável por desembarcar no Porto ao lado do médico Eric Rolland para acompanhar os exames de Neymar, novo reforço do PSG e também o mais caro da história, com o pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros (R$ 821 milhões) ao Barcelona. Chelsea, City e Manchester United mostraram interesse pelo craque de 25 anos ao longo das últimas semanas, mas o ex-cruzeirense deixou tudo alinhado.

A sua ida para Portugal realça a importância de seu papel internamente.

PSG faz despedida especial para Maxwell, que deixa o clube depois de cinco anos; veja

Mas não fica nisso.

Conforme apurado pelo ESPN.com.br, ele foi figura importante na contratação de Daniel Alves, 'desenhando' dossiê sobre o ex-companheiro de seleção e fazendo o lobby para que deixasse o City de lado e frustrasse Pep Guardiola.

Além disso, como personagem que sempre transitou bem não apenas entre seus compatriotas, mas também com os estrangeiros - especialmente os italianos -, fez o trabalho para convencer Marco Verratti a seguir no Parque dos Princípes. Segundo avaliação, o volante estava 'envenenado' por seu então empresário.

Em seguida, coincidência ou não, ele o trocou pelo superagente Mino Raiola, que cuidou de Maxwell durante toda a sua carreira.

Bertozzi levanta questão sobre Neymar: ‘Nada me tira da cabeça que o Dani Alves já sabia’

"Ele é a pessoa perfeita para fazer essa ligação entre os jogadores e a direção. Na última temporada, (o técnico) Unai Emery nem sempre conseguiu se fazer compreendido no vestiário. Com Maxwell nesse papel de intermediação, terá um ambiente mais a seus pés", analisa o repórter Cyril Olivès-Berthet, do jornal L'Equipe, à reportagem.

"A sua presença foi decisiva para a vinda de Daniel Alves. Essa contratação foi 'a sua contratação', se assim podemos dizer. E será o mesmo com Neymar porque a chegada de Dani foi uma de suas condições. É um trabalho incrível", prossegue.

A pessoas próximas, o adeus de Maxwell dos gramados com 35 títulos conquistados ao fim da última temporada e a sua rápida transição para os bastidores não surpreendeu.

Empresário de Neymar: ‘Trouxe uma proposta do PSG para pagar a cláusula nas próximas horas’

Com quatro filhos, 'pacto' com a sua família e animado com a nova função, amadureceu a ideia ao longo do primeiro semestre.

E ele tem a consciência de, mesmo com o sucesso repentino, estar começando por baixo. A qualquer pessoa que o chama de diretor, se apressa a corrigi-la com a nomenclatura correta de seu novo cargo.

Não deverá mudar ao aterrissar em Paris com Neymar na bagagem e uma contratação que fará o PSG definitivamente mudar de patamar.

Comentários

Dossiê Alves, 'fico' de Verratti e Neymar: como Maxwell mudou PSG com 'intensivão' no mercado

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.