Com problemas na direção, Vettel vê Raikkonen mais rápido na Hungria

Gazeta Press
EFE
Sebastian Vettel acena para o público em Hungaroring
Sebastian Vettel acena para o público em Hungaroring

Embora tenha sido o grande vencedor do GP da Hungria deste domingo, Sebastian Vettel admitiu que seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen estava mais veloz que ele durante a prova. Com um problema de direção no carro, o piloto alemão teve de se superar para ainda assim subir no lugar mais alto do pódio, e o finlandês acabou o ajudando nessa missão.

"Kimi [Raikkonen] teve um bom ritmo e poderia ter sido muito mais rápido que eu durante a maior parte da corrida. Foi difícil, esperava uma tarde um pouco mais tranquila. Eu já havia sentido que algo não estava certo quando colocamos o carro no grid", disse Vettel.

"O volante não estava certo. Posteriormente, piorou. Eu realmente tentei me adaptar, sabia não poderia mudar isso. Nos falamos pelo rádio, me disseram que era para eu evitar as zebras, mas em um circuito onde você tem que usar as zebras isso iria comprometer meu desempenho", completou.

Mesmo com todas as dificuldades do carro, Vettel fez uma corrida bastante segura e liderou de ponta a ponta. Confirmando o favoritismo da Ferrari no Grande Prêmio da Hungria, o piloto alemão ampliou sua vantagem para o vice-líder do Mundial, Lewis Hamilton, que agora está oito pontos atrás do rival na classificação.

A Fórmula 1 sai de férias agora e retorna apenas no próximo dia 28 de agosto, quando estão previstos os primeiros treinos livres para o Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1. Apenas alguns testes, ainda na Hungria, serão feitos após a corrida deste domingo, visando melhorar alguns aspectos para a segunda metade da temporada.

Comentários

Com problemas na direção, Vettel vê Raikkonen mais rápido na Hungria

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.