Jandrei pega dois pênaltis, Chapecoense elimina algoz do São Paulo e avança na Sul-Americana

ESPN.com.br
Chapecoense comemora gol nesta terça, na Arena Condá
Chapecoense comemora gol nesta terça, na Arena Condá Fenando Remor/Mafalda Press/Gazeta Press


A Chapecoense continua na briga pelo bicampeonato da Copa Sul-Americana. Na Arena Condá, nesta terça-feira, o time catarinense venceu o algoz do São Paulo, o argentino Defensa y Justicia, por 1 a 0 no tempo normal, triunfou por 4 a 2 nos pênaltis - com duas defesas do goleiro Jandrei - e avançou à próxima fase da competição.

Agora, o próximo adversário da Chape, este já pelas oitavas de final, sairá de quem se classificar do duelo entre Palestino-CHI e Flamengo. A equipe rubro-negra venceu na ida por 5 a 2. O confronto de volta é só em 9 de agosto.

A equipe de Santa Catarina está na Sul-Americana após eliminação na fase de grupos da Copa Libertadores, por conta de escalação irregular do zagueiro Luiz Otávio em partida contra o Lanús.

No duelo desta terça, a Chapecoense começou melhor e abriu o placar ainda na etapa inicial. Após cruzamento na medida de Reinaldo, Túlio de Melo subiu cabeceou com força para abrir o placar na Arena Condá. 

O primeiro tempo foi truncado, com poucas chances e pouca exposição das equipes. O Defensa y Justicia criou grande chance, mas Kaprof perdeu na pequena área. 

Depois do gol da Chape, quase nada de oportunidades. Os dois times se respeitaram e erraram muitos passes.

Na etapa complementar, Luiz Antônio cobrou escanteio, Apodi cabeceou para o alto e Douglas Grolli dividiu com o goleiro Gabriel Arias. A bola entrou, mas o árbitro marcou falta de ataque.

Depois, Arthur recebeu de Lucas Marques, saiu da marcação e de frente para o goleiro acabou mandando para fora. 

O Defensa y Justicia respondeu. González recebeu nas costas de Fabricio Bruno, saiu livre na área e manda por baixo de Jandrei, por pouco não deixando tudo igual no marcador.

Nos pênaltis, Luiz Antonio, Wellington Paulista, Fabricio Bruno e Lourency converteram as cobranças da Chape, Jandrei defendeu outras duas e se classificou a equipe catarinense.

CHAPECOENSE 1 (4) X (2) 0 DEFENSA Y JUSTICIA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data: 25 de julho de 2017, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)

Assistentes: Miguel Nievas (URU) e Gabriel Popovits (URU)

Público total: 11.324 espectadores

Renda: R$ 280.370,00

Cartões amarelos: Lucas Marques, Reinaldo (Chapecoense); Adrián Cubas (Defensa y Justicia)

Gol: CHAPECOENSE: Túlio de Melo, aos 25 minutos do primeiro tempo

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Luiz Antônio, Lucas Marques (Lucas Mineiro) e Seijas (Lourency); Túlio de Melo (Wellington Paulista) e Arthur Caíke

Técnico: Vinícius Eutrópio

DEFENSA Y JUSTICIA: Gabriel Arias; Pablo Alvarado, Luis Jérez e Mariano Bareiro; Ignacio Rivero, Leonel Miranda, Adrián Cubas, Gonzalo Castellani (Hernán Fredes) e Rafael Delgado; Juan Kaprof (Matías Sosa) e Ciro Rius (Daniel González)

Técnico: Nelson Vivas

Comentários

Jandrei pega dois pênaltis, Chapecoense elimina algoz do São Paulo e avança na Sul-Americana

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.