Rooney recebe a 10 do Everton e rechaça aposentadoria ‘em casa’: ‘Vim para ser campeão’

ESPN.com.br
Rooney se diz em êxtase e faz revelação: 'Sempre estive usando pijamas do Everton'

Após 13 anos, Wayner Rooney está mesmo de volta ao Everton. Anunciado no domingo, o atacante já foi a campo para treinar na ‘nova-velha’ casa, vestiu a camisa 10 e foi apresentado oficialmente. Aproveitou para explicar os motivos que o fizeram escolher o retorno ao clube e garantiu: não está indo ao Goodison Park para se aposentar.

“Sempre joguei como se tivesse algo a provar. Não venho para me aposentar aqui, quero jogar e ganhar. Me sinto bem. Não estou em forma agora, mas vou ficar nas próximas semanas. Estou pronto para isso. Com as ideias de Ronald (Koeman, o treinador) e com esses jogadores que estão contratando... depende da gente! Depende da gente que ganhemos troféus”, disse Rooney.

“Eu precisava jogar mais vezes. Eu não jogava muito e obviamente isso era frustrante. Eu joguei durante toda a minha carreira e ficar no banco não é para mim. Eu preciso jogar. É duro, mas o futebol é assim. Alguns jogadores podem ficar contentes mesmo não jogando por semanas, mas esse não sou eu. Havia outras opções, mas assim que soube que Ronald estava interessado em me trazer ao Everton, realmente não tive dúvidas. Era o único lugar possível a ir para jogar o meu futebol”, completou.

Ainda adolescente, Rooney fez sua estreia profissional pelo Everton. Mas foram apenas dois anos com a camisa azul: em 2004, aos 19 anos, foi contratado pelo Manchester United. Em Old Trafford, conquistou todos os títulos possíveis nacional e internacionalmente, é o maior artilheiro de sua história (253 gols) e ainda se tornou o goleador máximo da seleção inglesa.

Agora, ele já aguarda com ansiedade pela primeira vez que poderá vestir novamente a camisa do Everton. E também pelo primeiro encontro com o United.

“Será muito emocionante, mas assim que for ao gramado, preciso focar no jogo. O estádio estará empolgante e minha família estará orgulhosa em me ver jogar de azul novamente. Meu pai é um torcedor fanático e foi me ver jogar em Manchester por 13 anos. Agora estará a cinco minutos de carro do estádio, então ele está muito feliz”, disse.

Após 13 anos, Rooney retorna ao Everton; reveja golaços que ele marcou pelo clube

“Quando jogar contra o United, vou para ganhar os três pontos com o Everton. Eu tive ótimos momentos lá, realmente aproveitei, mas isso é futebol e os jogadores seguem em frente”, completou.

Aos 31 anos de idade, Rooney foi a sétima contratação do Everton, um dos clubes mais gastões do Mercado até agora. Já são quase 100 milhões de euros investidos no goleiro Jordan Pickford (ex-Sunderland), no zagueiro Michael Keane (ex-Burnley), nos meias Davy Klassen (ex-Ajax) e Jose Baxter (sem clube) e nos atacantes Henry Onyekuru (ex-Eupen) e Sandro Ramírez (ex-Malaga)

Rooney está de volta ao Everton: 'Estou pronto para jogar. Quero ganhar!'
Comentários

Rooney recebe a 10 do Everton e rechaça aposentadoria ‘em casa’: ‘Vim para ser campeão’

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.