Em tira-teima, Brasil derruba México e garante vaga na final do Rift Rivals

ESPN.com.br

Tockers e Revolta, mesmo em times diferentes, vão para mais uma final internacional
Tockers e Revolta, mesmo em times diferentes, vão para mais uma final internacional Riot Games

Nas semifinais do Rift Rivals, que aconteceu nesta sexta (7) vimos o confronto entre Red Canids e Keyd Stars contra Lyon Gaming e Just Toys Havoks. Era o Brasil contra os representantes da América Latina Norte que acabou sendo marcado por partidas seguras e eficientes.

A vaga foi definida em uma semifinal no sistema melhor de 5 no qual as equipes se revezaram para enfrentar seus adversários. A primeira partida foi um confronto entre a Keyd e Lyon, e mesmo com Gabriel "Revolta" Henud conseguindo fazer muita pressão no caçador Sebastián "Oddie" Niño, o time mexicano soube se segurar.

A Keyd errou muito na parte final do jogo. Felipe “yang” Zhao jogava com Kennen e até conseguia pressionar as rotas em que estava presente, porém o resto do mapa a Lyon segurava o jogo e foi crescendo aos poucos. 

Os Leões conseguiram uma boa luta aos 27 minutos e conseguiram explorar as falhas de comunicação da Keyd – cada jogador fez uma coisa, de qualquer jeito. A Lyon apenas administrou as lutas seguintes, se aproveitando de todos os erros e as jogadas dos brasuleiros. O jogo terminou aos 33 minutos com um placar de 12 a 6 para os mexicanos.

Na segunda partida Red Canids encarou a Just Toys e foi um jogo mais rápido e com ação em todas as rotas. Felipe "brTT" Gonçalves conseguiu um abate logo no início do jogo e isso acelerou seu processo de crescimento. Aos 22 minutos a Red consegue fazer uma luta em equipes que deu a brTT um triplekill e ninguém mais segurava o garoto. O jogo terminou aos 31 minutos com o placar de 16 a 5 para os Lobos.


A terceira partida foi a Keyd que pegou a Just Toys e também foi um passeio. Porém, os jogadores estrelados conseguiram uma vitória mais burocrática e lenta, mesmo sendo jogada de forma bastante agressiva. Yang trouxe novamente seu Lucian e não deixou o Rumble de Gerardo "Porky" Cuamea ser tão impactante no jogo – e mesmo assim foi uma pedra no sapato da Keyd. O game chegou ao fim aos 35 minutos com o placar de 19 a 13 para a Keyd.

A Lyon garantiu levar a série para o desempate em uma partida completamente apática da Red Canids. O Corky de Gabriel "Tockers" Claumann não funcionou e o caçador Sebastián "Oddie" Niño simplesmente colocou Carlos “Nappon” Rucker no bolso. A partida chegou ao fim aos 32 minutos com o placar de 16 a 7.

Com isso o jogo foi para a decisão. A Lyon foi claramente o time escolhida pela América Latina Norte – o que era um pouco óbvio, afinal já tinha vencido os dois brasileiros – e a Keyd chamou a responsabilidade para a partida decisiva.

O começo da decisão foi marcado por uma Lyon querendo impor seu ritmo de jogo. Foram dois abates de Oddie em cima de Yang, mas quando tentou o terceiro, o chinês brasileiro conseguiu escapar e garantiu tempo para a Keyd realizar um dragão e levar a primeira torre de baixo. A Lyon, no entanto, se afobou e mesmo estando em vantagem em ouro coletado perdeu duas lutas em equipe e, em ambas. Murilo "Takeshi" Alves brilhou com sua Cassiopeia.  Veja abaixo um momento em que a Keyd faz uma luta em equipe usando o poder do Capitão.


O final da partida ainda foi mais emocionante devido a um problema no computador de Yang, após uma pausa de mais de 10 minutos, o jogo voltou e a Keyd fechou a partida após executar 

Rift Rivals Latino acontece durante nesta semana e é considerado uma "Libertadores do LoL". A grande final será disputada amanhã, com o embate dos brasileiros contra os representantes da América Latina Sul, Isurus e Furious. As partidas começam às 17h (horário de Brasília) nos canais oficiais da Riot.

Comentários

Em tira-teima, Brasil derruba México e garante vaga na final do Rift Rivals

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.