Rússia diz que TVs do país não têm dinheiro para transmitir a Copa de 2018

ESPN.com.br com Agência EFE

Krestovsky Stadium, o estádio mais problemático da Copa de 2018
Krestovsky Stadium, o estádio mais problemático da Copa de 2018 Getty

As emissoras de televisão da Rússia não têm condições financeiras de pagar o montante pedido pela Fifa para comprar os direitos de transmissão dos jogos da Copa do Mundo de 2018, conforme afirmou nesta quarta-feira o vice-primeiro ministro do país, Vitaly Mutko.

"Nos exigiram US$ 110 milhões (R$ 363,4 milhões). Não temos esse dinheiro", disse o também presidente do Comitê Organizador Local.

Há um ano da Copa do Mundo, Messi já faz sucesso em São Petersburgo na versão de plástico

De acordo com Mutko, o valor máximo que pode ser desembolsado é de US$ 40 milhões (R$ 132,1 milhões).

Atualmente, três emissoras russas estão unidas, em consórcio, tentando negociar com a Fifa a compra dos direitos de exibição da Copa do Mundo.

Quem viu? Há 35 anos, a seleção de 82 perdia para a Itália e o zagueiro Oscar tenta explicar

Na recém-encerrada Copa das Confederações, o acordo só foi finalizado dias antes de a bola rolar - os valores teriam chegado a US$ 3,5 milhões (R$ 11,5 milhões).

Comentários

Rússia diz que TVs do país não têm dinheiro para transmitir a Copa de 2018

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.