Maradona é acusado de assédio sexual na Rússia

ESPN.com.br

Diego Maradona e Ekaterina Nadolskaya (de preto) em hotel de São Petersburgo
Diego Maradona e Ekaterina Nadolskaya (de preto) em hotel de São Petersburgo Reprodução - Twitter

O ex-jogador Diego Maradona é acusado de assédio sexual por uma jornalista russa após a final da Copa das Confederações, no último domingo - o ídolo argentino participou da cerimônia de premiação após a vitória da Alemanha sobre o Chile.

Quem o acusa de abuso é Ekaterina Nadolskaya em vídeo publicado por meios de comunicação do país-anfitrião.

Maradona revela mágoa com Sampaoli e cutuca: 'Não sabe mais do que Bauza'

"Eu estava em seu quarto, e ele chamou a seus guarda-costas, que me tiraram do quarto. Não entendi o que aconteceu. Eu lhe disse que só sairia dali com a polícia, e ele chamou a seu pessoal de segurança", contou a russa.

A jornalista afirma que esperava entrevistar Maradona em seu quarto, mas que o argentino a expulsou do quarto de hotel em São Petersburgo após ele tentar tirar parte de sua roupa e lhe oferecer 500 euros.

Depois de ser criticado, Maradona dispara contra Daniel Alves: 'É um tonto'

De acordo com a imprensa russa, Ekaterina desceu do quarto acompanhada por três seguranças por volta das 3h (horário de Brasília) desta segunda e deixou o hotel acompanhada por um policial.

Até agora, o argentino não se pronunciou sobre a acusação.

Comentários

Maradona é acusado de assédio sexual na Rússia

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.