'Counter-Strike': SK vence Fnatic e começa 'jornada europeia' com título na DH Summer

ESPN.com.br
DreamHack
SK levantou o troféu e fer aproveitou para homenagear o cachorro de felps, que faleceu nesta semana
SK levantou o troféu e fer aproveitou para homenagear o cachorro de felps, que faleceu nesta semana

A SK Gaming começou sua jornada europeia com um título. A equipe brasileira venceu a Fnatic por 2 a 1 e levou para a casa o troféu da DreamHack Open Summer 2017. Gabriel "FalleN" Toledo e companhia fizeram 16-8 na Inferno, 4-16 na Overpass e 16-8 na Mirage.



Este foi o primeiro de uma série de torneios e de preparação que os brasileiros participarão na Europa nas próximas semanas, como as finais da ECS, a ESL One Cologne e o PGL Krákow Major. No total, a SK deve permanecer no velho continente por aproximadamente 50 dias.

O título rendeu US$ 50 mil aos brasileiros. Vice-campeã, a Fnatic levou US$ 20 mil.

Raio-X da partida

Escolha da Fnatic, a Inferno começou dominada pelos brasileiros. Depois de garantir os três primeiros rounds, a SK assegurou o primeiro armado e só foi perder pela primeira vez no sexto round.

Dali em diante, Olof "olofmeister" Kjabjer comandou a reação sueca. Se destacando com a AWP, o ex-melhor do mundo se aproveitou da dificuldade brasileira em construir uma economia sólida e buscou o empate em 7-7. Na última rodada do primeiro tempo, a SK conseguiu o ponto e fechou em 8-7.

Depois da virada, só deu SK. Mostrando mais um pouco do lado terrorista que se tornou referência nos últimos meses, a equipe brasileira não deu chance aos adversários. Com direito a um belo 1 contra 3 de FalleN, a SK venceu 8 dos 9 últimos rounds e finalizou o mapa em 16-8.

Na Overpass, a Fnatic devolveu o "passeio" da segunda etapa da Inferno. Como terrorista, a equipe sueca não deu chance aos brasileiros. Jesper "jw" Wicksell brilhou e conduziu sua equipe ao abrir 7-0 antes dos brasileiros pontuarem. Apesar da SK conseguir o round, a Fnatic seguiu inabalável. Ao fim da primeira etapa, o placar marcava 13-2.

Marcelo "coldzera" David e companhia até levaram a melhor no pistol round e no anti-eco, mas caíram em seguida. Sem dificuldades, a Fnatic fechou o mapa em 16-4.

Na Mirage, foi a vez de João "felps" Vasconcellos brilhar. O jogador, que transformou o mapa em um das mais fortes da equipe desde a sua chegada, assumiu o protagonismo e foi o grande pontuador do mapa.

O começo brasileiro foi tranquilo. Como CT, a SK levou os seis primeiros rounds. Dali em diante, Dennis "dennis" Edman e companhia apareceram com boas execuções e diminuíram a distância, que foi de 8-7 em favor dos brasileiros ao fim da primeira etapa.

No segundo tempo, novo lado terrorista arrasador dos brasileiros. Assim como na Inferno, a SK só cedeu um ponto e levou 8 dos últimos 9, fechando o jogo em 16-8, a série em 2 a 1, e ficando com o título.

Comentários

'Counter-Strike': SK vence Fnatic e começa 'jornada europeia' com título na DH Summer

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.