Conmebol oficializa denúncia e Palmeiras pode mesmo ser punido por batalha de Montevidéu

ESPN.com.br
EFE
Felipe Melo acerta soco em Mier na vitória do Palmeiras sobre o Peñarol na Libertadores
Felipe Melo foi um dos protagonistas da briga entre Palmeiras e Peñarol na Libertadores

Após o confronto com jogadores do Peñarol e da briga entre torcedores no Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu, no dia 28 de abril, o Palmeiras foi denunciado no Comitê de Disciplina da Conmebol. De acordo com o Globoesporte.com, o time foi enquadrado nos artigos 5, 6 e 11 do regulamento da confederação.

O artigo 5 diz que o clube foi denunciado por "comportar-se de maneira ofensiva, insultante, ou realizar manifestações difamatórias", "violar conceitos mínimos do que se considera comportamento aceitável no esporte" e "comportar-se de maneira tal que o futebol e a Conmebol possam ser vistos com descrédito".

No artigo 11, o Palmeiras foi enquadrado por "lançamento de objetos" e "desordem". No artigo 11,  diz que "em casos de tumulto em que não são identificados os responsáveis, o órgão disciplinar sancionará o clube a que pertencem os agressores".

Moisés se revolta com confusão no Uruguai e isenta Felipe Melo: 'Foi premeditado'

Com isso, o Palmeiras pode jogar com portões fechados no Allianz Parque contra o Tucumán-ARG, em 24 de maio, na última rodada da fase de grupos da competição. Além disso, a multa pode chegar a 400 mil dólares (cerca de R$ 1,25 milhão).

O volante Felipe Melo foi suspenso preventivamente por três jogos e não enfrenta o Jorge Wilstermann, na Bolívia, na noite desta quarta-feira. Nesta terça-feira, o presidente do clube, Maurício Galiotte, esteve em Assunção, local da sede da entidade sul-americana.

O mandatário do Palmeiras se reuniu com Alejandro Dominguez, presidente da Conmebol, e expôs a visão do clube sobre toda a confusão no Uruguai, contra o Peñarol. O advogado do clube, André Sica, também esteve no encontro.

Produtor dos canais ESPN que estava no Uruguai: 'Seguranças do Peñarol incitavam a violência'

Na sexta-feira, o Palmeiras enviou o advogado Leonardo Holanda para Assunção visando a entregar pessoalmente a defesa do clube, que conta com dois vídeos s preparados pelo departamento de futebol.

Já o estádio Campeón del Siglo deverá ser interditado e as próximas partidas do Peñarol poderão ser em outro locais com portões fechados para torcedores.

Comentários

Conmebol oficializa denúncia e Palmeiras pode mesmo ser punido por batalha de Montevidéu

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.