Após comandar Rio 2016, Nuzman não vai nem à final em eleição para dirigir esporte pan-americano

ESPN.com.br
Getty
Nuzman participou de sessão informativa em Londres nesta quinta-feira
Carlos Arthur Nuzman não será o presidente da Odepa

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, não teve bom desempenho na eleição para comandar a Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), nesta quarta-feira, em Punta del Este, no Uruguai.

Mandatário do comitê organizador dos Jogos do Rio de Janeiro em 2016, Nuzman ficou de fora do segundo turno do pleito após um desempate com o chileno Neven Ilic Álvarez, presidente do comitê olímpico de seu país.

Na primeira parte, o dominicano José Joaquín Puello obteve 23 votos e quase foi eleito (precisava de pelo menos 26 anos). Nuzman e Ilic conseguiram 14 votos cada um e disputaram a vaga no segundo turno em desempate.

'Não estão sendo patrocinados os atletas, mas os dirigentes', diz procuradora

No final, o chileno ganhou a presidência da Odepa na disputa com Puello. O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, está presente à eleição.

Cada uma das 41 confederações nacionais tem direito a voto, e dez delas possuem voto dobrado por já terem organizado os Jogos Pan-Americanos: Argentina, Brasil, Venezuela, Colômbia, México, Cuba, Estados Unidos, Canadá, República Dominicana e Porto Rico.

Jogo Limpo: quando a luta é, na verdade, lutar contra quem deveria ajudar

Carlos Arthur Nuzman, de 75 anos, comanda o COB desde 1995.

Apesar dessa derrota, ele deve ganhar um cargo para integrar o comitê de coordenação dos Jogos de Tóquio em 2020, segundo o site Inside The Games.

Comentários

Após comandar Rio 2016, Nuzman não vai nem à final em eleição para dirigir esporte pan-americano

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.