Como frustração na Champions levou 'coringa' brasileiro de R$ 20 milhões à sensação da Bundesliga

André Donke e Vladimir Bianchini, do ESPN.com.br
Getty
Bernardo atuou em 14 das 26 primeiras rodadas da Bundesliga 2016-17, sendo 13 como titular
Bernardo atuou em 14 das 26 primeiras rodadas da Bundesliga 2016-17, sendo 13 como titular

A segunda participação na fase de grupos da Uefa Champions League na história, a primeira em 22 anos. O fim do jejum estava muito próximo do Red Bull Salzburg, atual tricampeão austríaco, no começo desta temporada, até que um gol no fim e outro na prorrogação acabaram com o sonho.

Depois de ter empatado por 1 a 1 na Croácia no jogo de ida dos playoffs, a equipe batia o Dínamo de Zagreb por 1 a 0 e confirmava a classificação até os 42 minutos do segundo tempo, quando os visitantes empataram. Na prorrogação, o Salzburg levou um gol com cinco minutos, perdeu o jogo e foi eliminado nas fases preliminares da Champions pelo quinto ano seguido.

Sem a tão sonhada ida do time austríaco à fase de grupos, assim como os 12,7 milhões de euros que cada clube ganhou nesta edição por alcançar tão estágio, a Red Bull viu outro clube da marca chamar atenção na Europa.

Fundado em 2009, o RB Leipzig, que se chama RasenBall Sport (esporte de bola sobre a grama, em alemão), por não poder usar o nome da empresa de energéticos, virou a bola da vez, logo em sua primeira temporada na elite do futebol alemão.

Após rivalizar com o Bayern de Munique pelo topo da classificação no primeiro turno, o time perdeu um pouco o ritmo, mas segue com uma campanha surpreendente: vice-líder, 52 pontos, 13 atrás do Bayern e 12 a mais do que o Hertha Berlin, primeira equipe fora da zona da Uefa Champions League, e cinco a mais do que o Borussia Dortmund, primeiro time fora da zona que dá vaga direta à Champions.

Getty
Bernardo (à dir.) em ação pelo Salzburg contra o Dínamo Zagreb
Bernardo (à dir.) em ação pelo Salzburg contra o Dínamo Zagreb

Enquanto o Salzburg lidera o Campeonato Austríaco com dez pontos de vantagem e já se prepara para jogar a fase eliminatória do torneio europeu mais uma vez, o Leipzig, a oito rodadas para o fim do Alemão, parece muito perto de garantir a Red Bull na fase de grupos.

A classificação seria a redenção para um brasileiro. Afinal, Bernardo era titular do Salzburg que foi eliminado para o Dínamo de Zagreb. Após a queda, o foco foi para o Leipzig, clube para o qual se transferiu em um negócio de 6 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões).

Antes dele e também da fase preliminar da Champions, o volante Naby Keita e o lateral direito-direito Benno Schmitz fizeram o mesmo caminho em negócios de 15 milhões e 800 mil euros, respectivamente.

"Cheguei muito perto da Champions pelo Salzburg tomamos um gol no fim do segundo tempo contra o Dínamo de Zagreb e fomos desclassificados. Foi uma pena e uma decepção. Foi o que possibilitou a minha vinda um pouco mais cedo para cá", contou Bernardo em entrevista ao ESPN.com.br.

Getty
Bernardo marca Reus durante partida do RB Leipzig contra o Borussia Dortmund
Bernardo marca Reus durante partida do RB Leipzig contra o Borussia Dortmund

Contratado pelo Salzburg no começo de 2016, o volante brasileiro logo apareceu como titular da equipe. Depois de seis meses, novo time e nova posição, já que ele tem atuado a campanha inteira no Leipzig na lateral direita. Porém, nenhuma das duas funções é a preferida do atleta de 21 anos. "Eu sou zagueiro, é a posição que considero que é a minha melhor e na qual irei para frente e serei reconhecido na carreira, mas jogo onde precisar ".

A possibilidade de atuar na lateral veio devido ao rompimento de o ligamento do joelho sofrido por Lukas Klostermann, de 20 anos e que foi titular da seleção alemã na Olimpíada de 2016. Por conta disso, o alemão não joga desde setembro e fez apenas uma partida na temporada.

Assim, o brasileiro aproveitou a oportunidade e assumiu a posição, ficando de fora de cinco rodadas por lesão. Recentemente, ele perdeu a posição para Benno Schmitz, mas voltou a estar entre os 11 iniciais no último final de semana, quando sua equipe goleou o lanterna Darmstadt 98 por 4 a 0, em casa. O triunfo veio após três jogos sem vencer (empate com Augsburg e derrotas para Wolfsburg e Werder Bremen).

"Eu vejo como algo natural de percurso (a queda de rendimento), porque, se analisar os jogos, criamos muito mais chances que o adversário. Talvez não tenhamos sido tão eficientes. Teve jogos que ganhamos jogando pior. Todo time, com exceção do Bayern, tem enfrentado este tipo de problema. A única coisa que temos que fazer é manter o foco. Somos um time jovem e não podemos nos abalar", declarou o defensor.

Leipzig faz 4 a 0 no último colocado, volta a abrir 3 pontos do Hoffenheim e segue atrás do Bayern

"Quando cheguei aqui, o lateral direito se machucou, e eles me perguntaram: ‘Tem essa possibilidade de fazer essa posição? Você provavelmente irá jogar mais essa posição. Topa?' Eu fiquei meio assim porque sou canhoto, que geralmente não tem a perna direita tão boa. Mas eu encarei o desafio e fiz muitos jogos bons. Fiz a escolha certa. Daqui uma ou duas temporadas pretendo me fixar como zagueiro mesmo", disse Bernardo, que também fez uma comparação entre o Salzburg e o Leipzig.

Irritado com a arbitragem, mascote do Schalke entra em campo e dá vermelho ao juiz

"É muito parecido, a estrutura dos clubes é bem parecida. A metodologia de jogo é parecida e foi implementada pelo Ralf Ragnick (hoje diretor no RB Leipzig). A diferença maior é o nível do campeonato. Na Áustria nosso time era muito bom, mas estava acostumado contra todos os times e passava por cima. Na Alemanha eu vim preparado para passarem por cima de mim (risos). Mas felizmente não está acontecendo isso."

Comentários

Como frustração na Champions levou 'coringa' brasileiro de R$ 20 milhões à sensação da Bundesliga

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.