Gordox, yeTz, Pato Papão e mais: Keyd deve 'mais de R$ 200 mil' para streamers

Roque Marques/ESPN.com.br
Riot Games
De acordo com fontes do ESPN eSports, o clube deve a 9 streamers famosos
De acordo com fontes do ESPN eSports, o clube deve a 9 streamers famosos

Finalista do CBLoL e um dos principais nomes do cenário nacional, a Keyd Stars passa por maus lençóis. Segundo levantou o ESPN eSports, a organização acumula "mais de R$ 200 mil reais" em dívidas com integrantes da sua divisão de streamers, referentes ao segundo semestre de 2016.

As informações foram reveladas por uma fonte envolvida no imbróglio. A mesma afirmou que a Keyd têm dividendos com alguns dos principais streamers do país: Willian "Gordox" Lemos, Matheus "yeTz" Vieira, Ismael "Pato Papão" Zimerman, Silvio Santos do CS, Murilo "Muca Muriçoca" Cevi, Bruno "aXt"' Habitzreuter, Flávio "Jukes" Fernandes, Caio "400kg" Lazzaro e Bruno "Amarelito" Eugênio.

De acordo com a fonte do ESPN eSports, a soma do débito do clube com os streamers "supera fácil R$ 200 mil".

No início de 2016 a Keyd fechou um contrato para promover transmissões ao vivo no Azubu.tv. Para conseguir mais visibilidade na plataforma, a organização foi atrás de vários nomes de peso e firmou acordos de dois anos, com salários baseados em números de visualizações e pagos em dólar.

A maioria dos acordos entre a Keyd e os streamers foi firmada verbalmente, com apenas dois deles tendo contratos assinados. Os acordos tinham dois anos de validade, mas acabaram durando apenas até o fim de 2016. Segundo a fonte, os pagamentos foram realizados até julho, sempre com atrasos. Dali em diante, a organização parou de pagar vencimentos.

Os atrasos acabaram fazendo com que parte dos acordos fossem rompidos e alguns nomes, como yeTz, aXt e Jukes, retornaram a Twitch.tv, sua antiga plataforma de streams, antes do previsto. Outros jogadores permaneceram até dezembro, mesmo sem receber.

A fonte revelou que alguns dos streamers já se "conformaram" com o calote e desistiram de correr atrás dos pagamentos atrasados. Alguns nomes, porém, ainda correm atrás do pagamento. Quando voltaram a questionar a Keyd, eles receberam a resposta de que a organização "irá pagar, só não sabe quando".

O lado da Keyd

Procurado pelo ESPN eSports, Eduardo Kim sócio-diretor do Keyd Stars, deu a seguinte declaração que segue na integra:

"Temos algumas pendências com streamers e jogadores com quem trabalhamos ano passado. Valores e nomes não são exatos, mas é inegável que todos estão com razão no sentido do que dizem. Desde o final do ano passado, buscamos soluções para definir tais pendências, tendo explorado a venda de imóveis e, agora, uma linha de crédito que resolverá tudo de imediato - algo que acontecerá nas próximas semanas".

Edu Kim

Robo e Nappon ainda não receberam parte da transferência

Além da dívida com streamers, uma das fontes também revelou que a Keyd também está devendo para outros dois jogadores: Leonardo ''Robo'' Souza e Carlos "Nappon" Rücker. O valor seria de R$ 20 mil e se refere a transferência de ambos para a Red Canids, mais cedo em 2017.

Comentários

Gordox, yeTz, Pato Papão e mais: Keyd deve 'mais de R$ 200 mil' para streamers

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.