Jogo Limpo: quando a luta é, na verdade, contra um 'coronel declarado do esporte'

Marcelo Gomes, especial para o ESPN.com.br

Desta vez, as denúncias estarrecedoras chegam do Rio Grande do Norte, onde um atleta da luta olímpica resolve comprar uma grande briga com um "coronel declarado do esporte".

A reportagem apresenta provas inacreditáveis de um presidente de Federação que resolve perseguir, publicamente, qualquer atleta de luta que não compactue com suas ideias, no mínimo retrógradas e ditadoras, de gerir um esporte que não tem quase apoio algum no país que acaba de ser sede dos Jogos Olímpicos.

No cardápio do presidente da Federação de Luta Olímpica do Rio Grande do Norte, Carlos Alexandre Sobrinho, há uma série de ameaças em cima dos atletas que recebem o Bolsa Atleta. Segundo o dirigente, quem não pagar uma taxa sobre o Bolsa Atleta será perseguido e não será convocado para viajar e participar de eventos nacionais e internacionais.

O atleta Jonatas Nóbrega, que nos traz as denúncias, ainda apresenta uma suposta ameaça de morte em uma conversa entre o dirigente e um amigo dele em uma rede social.

Assista abaixo e tire suas conclusões:

Jogo Limpo: as denúncias contra um 'coronel declarado do esporte'
  • CONTATO JOGO LIMPO

Em setembro, a ESPN lançou um canal para fiscalizar e cobrar transparência no esporte. Queremos a contribuição dos leitores e telespectadores do canal para contar essas histórias. Se você tem alguma dica, de qualquer esporte, olímpico ou paralímpico, nos mande um e-mail para: jogolimpo@espn.com. A fonte será preservada sempre.

CLIQUE AQUI E VEJA O QUE JÁ FOI PUBLICADO PELO JOGO LIMPO

'Jogo Limpo'! Colabore com a série de reportagens que briga por um esporte sem corrupção

Comentários

Jogo Limpo: quando a luta é, na verdade, contra um 'coronel declarado do esporte'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.