Com gol no último lance, Suécia vence e estraga festa para CR7 na volta à Ilha da Madeira

ESPN.com.br
Assista aos gols da vitória da Suécia sobre Portugal por 3 a 2!

Dizem que o bom filho à casa torna. E, após 13 anos sem pisar na sua terra natal para jogar uma partida, Cristiano Ronaldo retornou à Ilha da Madeira. Contra a Suécia, em amistoso no Estádio dos Barreiros, volta frustrada: gol, mas uma derrota com sabor amargo por 3 a 2. Para um público que esperava pelo retorno de seu filho mais famoso à cidade, sem dúvidas foi um belo presente, mas com um gostinho de que poderia ter sido diferente.

  • Voltando à ilha

 

Getty Images
Cristiano Ronaldo levantou o troféu da Eurocopa
Cristiano Ronaldo levantou o troféu da Eurocopa 

O jogo era apenas um amistoso, mas alguns motivos o tornavam especial. Afinal, era a volta do astro Cristiano Ronaldo à sua terra, a Ilha da Madeira, após 13 anos sem atuar por lá - a última vez aconteceu em 17 de maio de 2003, quando CR7 ainda atuava pelo Sporting.

Mas não foi só a volta de Cristiano Ronaldo. A seleção portuguesa também voltou a atuar por lá. A última vez em que os portugueses atuaram na Ilha da madeira foi há 16 anos. Em 2001, vitória por 3 a 0 contra Andorra no mesmo palco do jogo de hoje, o Estádio dos Barreiros.

Antes de a bola rolar, Cristiano Ronaldo foi o centro das atenções ao levantar o troféu da Eurocopa para o público presente no estádio.

O encontro entre as duas seleções foi o 19º na história, empatando o retrospecto geral - sete vitórias para os suecos, cinco para os portugueses e seis empates. E curiosamente apenas um triunfo em solo português. O último aconteceu em 2013 pelas Eliminatórias da Copa do Mundo em que as duas seleções disputavam uma vaga na Copa. À época, vitória por 1 a 0 com gol de CR7.

  • Adivinha quem fez?
Getty Images
Cristiano Ronaldo voltou a atuar na Ilha da Madeira
Cristiano Ronaldo voltou a atuar na Ilha da Madeira 

E se a festa era para Cristiano Ronaldo, ele não podia decepcionar o povo de sua terra natal. E não decepcionou. O gol que inaugurou o placar no Estádio dos Barreiros foi dele. Aos 16 minutos, recebeu cruzamento da direita de Gelson Martins, se antecipou à zaga e chutou de primeira para marcar um belo gol, levando a torcida ao delírio.

E o gol fez CR7 chegar a números impressionantes com a camisa portuguesa desde o início de 2016. São 16 gols em 15 jogos desde o começo do ano passado. Lembrando que na rodada passada das Eliminatórias anotou duas vezes. E o gol feito em casa fez com que CR7 tenha deixado sua marca em 86 cidades diferentes ao longo de sua carreira.

E não parou por aí. Aos 34 minutos, após boa jogada de Cristiano Ronaldo, a bola chegou em Gelson Martins que cruzou. Só que a bola foi desviada contra pelo zagueiro sueco Granqvist. Gol contra que deu ótima vantagem para os portugueses na ida ao intervalo.

  • Suecos estragam a festa 

O jogo tinha tudo para ser de festa e comemoração, mas a Suécia voltou para o segundo tempo disposta a estragar tudo. Aos 13 minutos, Claesson pegou rebote do goleiro Marafona e descontou. Um minuto depois, Cristiano Ronaldo deixou o campo ovacionado para a entrada de Quaresma.

Mas a Suécia veio mesmo disposta, e Portugal parece que voltou dormindo para o segundo tempo. Quinze minutos depois veio castigo. Após cobrança de escanteio, Classon subiu mais alto do que todo mundo e deixou tudo igual para a frustração dos mais de 10 mil torcedores que lotaram o estádio.

Nos minutos finais, frustração maior ainda. João Cancelo errou ao tentar cortar cruzamento na entrada da área e marcou contra. No fim, água no chopp da festa de Cristiano Ronaldo, que teve sua volta para casa estragada.  

Comentários

Com gol no último lance, Suécia vence e estraga festa para CR7 na volta à Ilha da Madeira

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.