Acredite: novo fenômeno da MotoGP começou pilotando para Paris Hilton

ESPN.com.br
Juan Naharro Gimenez/WireImage/Getty
Maverick Viñales Paris Hilton Supermatxe Motorcycle Team 18/12/2010
Maverick Viñales (dir) e Paris Hilton durante lançamento da equioe Supermatxe, em 2010

No último domingo, o espanhol Maverick Viñales, de apenas 22 anos, venceu o Grande Prêmio do Catar, o primeiro da temporada 2017 da MotoGP.

Ele é tratado como novo "fenômeno" da categoria, capaz de encerrar o domínio de pilotos experientes e multicampeões, como os compatriotas Marc Márquez e Jorge Lorenzo, além do italiano Valentino Rossi.

Correndo na MotoGP desde 2015, Viñales teve um início de carreira curioso.

Quando ingressou na Moto3 (à época ainda chamada 125cc, considerada a "formadora" dos corredores), em 2011, ele foi selecionado para ser o segundo piloto da equipe SuperMartxé VIP, atuando como mero coadjuvante do experiente Sergio Gadea.

JAVIER SORIANO/AFP/Getty Images
Maverick Vinales Paris Hilton Comemoram Vitoria GP Valencia Moto3 06/11/2011
Paris felicita Viñales por vitória em Valencia

E, por trás da SuperMartxé VIP, estava ninguém menos do que a empresária, modelo, atriz, cantora, DJ e socialite Paris Hilton, herdeira da cadeia de hotéis Hilton, que é fã declarada de motovelocidade e foi uma das donas e patrocinadoras da equipe da Moto3.

"Amo as motos, e o motociclismo é um esporte que acho sexy", disse Paris, no evento de lançamento da equipe, no final de 2010, quando também anunciou que, por decisão dela, as motos do time seriam rosa-choque.

"E, se ganharmos o título, prepararei uma grande surpresa e um bonito presente, além de irmos para a balada e passar uma grande noite", prometeu a socialite, que compareceu a várias corridas da temporada, mas sem dar qualquer "pitaco" aos pilotos.

"Eles têm todo o meu apoio e o meu nome para divulgar esse projeto. Ajudarei no que for possível, mas não sou eu quem devo treinar ou orientar os pilotos", ressaltou.

MotoGP: No Catar, Viñales vence primeira prova
  • O novo fenômeno da motovelocidade

Maverick (que tem esse nome diferente porque seu pai era apaixonado pelo filme 'Top Gun', de 1986, o que acabou lhe rendendo o mesmo nome do personagem interpretado por Tom Cruise) impressionou a todos desde sua primeira temporada na Moto3.

À época com apenas 16 anos, ele teve seu primeiro grande momento de destaque em Le Mans, quando ultrapassou o líder do campeonato, Nicolás Terol, na última curva e o venceu por 0,048s, tornando-se o 3º piloto mais novo a ganhar uma corrida de moto.

Ele ainda venceu mais três corridas naquela temporada, terminando o campeonato em 3º lugar e ganhando o prêmio de "novato do ano". No último GP do ano, em Valencia, inclusive, Paris Hilton acompanhou presencialmente o triunfo de Viñales e foi à loucura no Twitter.

"Meu Deus!!! O piloto Maverick Viñales, do meu Paris Hilton Racing Team, acabou de terminar em primeiro lugar no #MotoGP Grand Prix Finals! #YESSSS!!!!! Que demais!", escreveu.

No ano seguinte, ele venceu cinco corridas, mas errou muito na parte final do campeonato e desperdiçou a chance de ganhar o título.

Mirco Lazzari/Getty Images
Maverick Viñales Paris Hilton GP Catalunha MotoGP 05/11/2011
Maverick e Paris no GP da Catalunha de 2011

Irritado, brigou com a diretoria de sua equipe e nem participou da antepenúltima corrida do ano, sendo que ainda tinha chances de título, chamando seu próprio time de "equipe de segunda divisão". Depois, pediu desculpas e voltou aos dois últimos GPs, terminando a temporada em 3º lugar.

Sua consagração definitiva só viria em 2013, depois de, por falta de clima e em busca de uma moto melhor, trocar o time de Paris Hilton pelo Team Calvo. De maneira emocionante, brigando curva a curva com o rival Alex Rins, ele ganhou em Motegi e faturou o título da Moto3.

O troféu lhe rendeu a ida instantânea à Moto2, para correr pela Pons Racing. Mais uma vez, ele demonstrou bom desempenho: quatro vitórias e nove pódios ao longo de 2014, o que lhe rendeu o 3º posto no campeonato e mais um prêmio de "novato do ano".

  • Chegada à MotoGP

Logo, a MotoGP percebeu que seu talento era muito grande para a base, e Maverick foi promovido à elite da motovelocidade em 2015, sendo contratado pela Suzuki.

Mohamed Farag/Anadolu Agency/GettyImages
Maverick Vinales Comemora Vitoria GP Catar MotoGP 26/03/2017
Viñales comemora a vitória no GP do Catar

No primeiro ano, mostrou compreensíveis dificuldades de adaptação e finalizou apenas na 12ª posição. Em 2016, porém, já melhorou muito e acabou em 4º lugar no campeonato, conquistando sua primeira vitória no Grande Prêmio da Grã-Bretanha.

Seu desempenho e estilo de pilotagem arrojado despertaram o interesse da gigante Yamaha, que, após a ida de Jorge Lorenzo para a Ducati, contratou Viñales para ser o substituto.

E, logo em sua 1ª corrida pela Yamaha, o espanhol já demonstrou ter sido uma aposta certeira, vencendo no GP do Catar e começando a temporada na liderança.

Se ele comemorou a vitória em uma balada com Paris Hilton, ainda não se sabe...

Comentários

Acredite: novo fenômeno da MotoGP começou pilotando para Paris Hilton

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.