Atlético-MG abre 2 a 0, mas vê Chapecoense buscar empate com um jogador a menos

ESPN.com.br
Veja os gols do empate entre Chapecoense e Atlético-MG por 2 a 2

Em duelo válido pela 3ª rodada do grupo C da Primeira Liga, o Atlético-MG visitou a Chapecoense e abriu 2 a 0 na etapa inicial, mas viu a equipe catarinense buscar o empate por 2 a 2 no segundo tempo, mesmo com um jogador a menos, nesta quarta-feira.

O primeiro tempo foi de domínio alvinegro, mesmo com o técnico Roger Machado montando um time recheado de jovens e reservas na Arena Condá.

Logo aos 13 minutos, o lateral direito Carlos César saiu driblando na entrada da área, limpou para a perna esquerda e acertou o cantinho do goleiro Arthur.

Faltando cinco minutos para acabar o primeiro tempo, Cazares cobrou escanteio e o atacante Clayton acertou uma forte cabeçada para ampliar.

Na volta do intervalo, a Chapecoense conseguiu descontar logo de cara: o lateral Reinaldo cobrou lateral e Wellington Paulista cabeceou bem, na sua especialidade, para marcar.

A torcida da casa se animou, mas ficou triste logo em seguida, depois que o meia Dodô (curiosamente, emprestado pelo "Galo") deu forte carrinho e foi expulso direto.

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Roger Machado Atletico-MG Chapecoense Primeira Liga 01/03/2017
Roger Machado durante o empate do Atlético-MG com a Chapecoense

Só que o empate dos catarinenses saiu mesmo assim. Em jogada muito parecida com a do primeiro gol, Luiz Antônio centrou e Jesiel desviou contra a própria meta.

Com o resultado, o Atlético-MG vai a 4 pontos e fica em 2º lugar do grupo, atrás do líder Cruzeiro, que tem 6, mas com uma partida a menos que o rival de Belo Horizonte.

A Chapecoense, por sua vez, vai a 2 pontos, e está eliminada.

O Atlético-MG (saldo +1) agora só não se classifica se o Joinville (-2) conseguir vencer o Cruzeiro por quatro gols de diferença, dia 21 de março, no fechamento do grupo C.

  • Primeiro tempo

Mesmo jogando fora e com time reserva, foi o Atlético-MG que começou tomando as ações. O time de Roger Machado teve as duas primeiras chegadas, ambas com Rafael Moura, uma delas com bastante perigo. Isso mostrava o desejo atleticano de buscar a vitória - sabendo, sobretudo, que era necessário o triunfo para garantir a classificação.

E o resultado disso aconteceu aos 12 minutos. O lateral direito Carlos César driblou dois oponentes e, de canhota, colocou no cantinho para abrir o marcador da noite.

No minuto seguinte, a Chape respondeu. Em cruzamento, quando o "Galo" ainda comemorava, Wellington Paulista finalizou e a bola passou próximo ao gol de Uilson.

O Atlético seguiu melhor mesmo após o gol, tendo mais posse de bola e sofrendo pouco. Aos poucos, porém, a Chapecoense foi entrando no jogo, gostando mais da partida e encontrando seus espaços.

Mas aos 39 o Atlético-MG tratou de aumentar a contagem. Após cruzamento na área, em cobrança de escanteio, Clayton desviou de cabeça e ampliou a vantagem preto e branca.

  • Segundo tempo

A Chapecoense voltou com vontade de virar o placar. Prova disso foi que logo no primeiro minuto da etapa complementar, o atacante Wellington Paulista aproveitou a falha do zagueiro Felipe Santana para diminuir.

Mas lances depois a situação se complicou novamente para a Chape. O meia Dodô usou força demais e foi expulso do jogo.

No entanto, pouco depois, a Chapecoense voltou a pressionar e, com falta bem cobrada, conseguiu o empate mesmo com um homem a menos. O detalhe do lance é que o próprio zagueiro, Jesiel, jogou contra o patrimônio.

O sufuco da Chapecoense assustou o Atlético-MG, que já não encontrava forças para sair jogando. O time alvinegro, porém, conseguiu se colocar em campo e, mesmo sofrendo riscos, conseguiu segurar o placar.

FICHA TÉCNICA:
CHAPECOENSE 2 x 2 ATLÉTICO-MG

Local: Arena Condá, Chapecó-SC
Data: 1º de março de 2017, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves de Silva
Assistentes: André da Silva Bittencourt e Michel Stanislau
Cartões amarelos: João Pedro (CHA); Carlos César, Carlos Eduardo, Ralph (ATL)
Cartão vermelho: Dodô (CHA)

GOLS
CHAPECOENSE: Wellington Paulista, no 1º minuto, Jesiel (contra), aos 7 do segundo tempo
ATLÉTICO-MG: Carlos César, aos 12, e Clayton, aos 39 minutos do primeiro tempo

CHAPECOENSE - Artur Moraes; João Pedro, Fabrício Bruno, Nathan e Reinaldo; Amaral (Luiz Antônio), Andrei Girotto e Dodô; Niltinho, Artur e Wellington Paulista. Técnico: Vagner Mancini

ATLÉTICO-MG: Uilson; Carlos César, Jesiel, Felipe Santana e Leonan; Yago, Ralph (Cícero), Carlos Eduardo (Anderson) e Cazares; Clayton e Rafael Moura. Técnico: Roger Machado

Comentários

Atlético-MG abre 2 a 0, mas vê Chapecoense buscar empate com um jogador a menos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.