Roberto de Andrade detona árbitro: 'Não pode apitar mais, nem para brincadeira de condomínio'

ESPN.com.br
Após choro de árbitro, Roberto de Andrade detona: 'Não tem desculpa, tem que chorar o resto da vida'

Após a vitória do Corinthians sobre o Palmeiras por 1 a 0 nesta quarta-feira, o presidente do clube vencedor da noite, Roberto de Andrade, esbravejou depois do erro do árbitro na Arena Corinthians e disse não querer ver Thiago Duarte Peixoto apitando mais.

"É o mínimo que a gente tem que fazer. Ele é um pavão, o quarto árbitro avisou para ele que tinha sido o (camisa) 30, não o 5. Ele bateu no peito, todo cheio de pose, e falou: "Eu que mando". Bom, se é ele quem manda, que vá mandar lá no Acre. Não pode apitar nunca mais, nem jogo de condomínio entre criançada", disse o dirigente.

No final do primeiro tempo, o árbitro Thiago Duarte Peixoto deu um segundo cartão amarelo a Gabriel após puxão em Keno. O problema é que quem cometeu a infração, na verdade, foi Maycon. O atleta que recebeu o vermelho sequer estava no lance e saiu revoltado de campo.

"Chorou? Tem que chorar muito mais, tem que chorar a vida inteira. O que ele fez não existe, é um lance muito claro. O cara vem, bate no peito e chama para ele? Então ele que arque com as consequências. O cara brincou com o Corinthians, ele está achando que o Corinthians é o que?", indagou, prometendo dar sequência oficial às reclamações na quinta.

"Amanhã (quinta), antes de a Federação abrir, eu estou lá para pedir a saída dele", informou, sem conseguir dizer se pedirá a anulação do cartão vermelho dado ao jogador. Para que isso acontecesse, o time alvinegro deveria entrar com recurso já nesta quinta e ele deveria ser julgado até sexta, antes do jogo contra o Mirassol, no sábado, na casa do adversário.

"Eu não posso garantir o que vou fazer a respeito disso, não sei exatamente quais são as nossas possibilidades. Mas eu vou fazer o que for possível", falou Roberto, que assegurou ter participado na hora de acalmar os atletas. "Eu até desci para o vestiário para falar com eles, evitar que isso prejudicasse no segundo tempo. No fim, conseguimos essa vitória heroica".

VEJA o lance da expulsão polêmica de Gabriel diante do Palmeiras

O presidente ainda tratou de isentar a Federação Paulista, mas disse que irá se mexer quanto ao equívoco do juiz. "Amanhã vamos tomar presidência, não adianta culpar a federação, ela não tem culpa", declarou. "Se for profissionalizar não quer dizer que não tem mais erro. Você vai culpar a federação, CBF? Não tem como culpar."

Veja o gol da vitória por 1 a 0 do Corinthians sobre o Palmeiras

Mesmo com um atleta a menos, o Corinthians foi buscar a vitória com um gol de Jô no final da partida e saiu com os três pontos.

Comentários

Roberto de Andrade detona árbitro: 'Não pode apitar mais, nem para brincadeira de condomínio'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.