Equipe olímpica de refugiados vence o Oscar dos Esportes

Gazeta Press

 

Getty Images
Time olímpico de refugiados na abertura das Olimpíadas Rio 2016
Time olímpico de refugiados na abertura das Olimpíadas Rio 2016

Dez atletas emocionaram todo o mundo durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No dia cinco de agosto de 2016, a equipe olímpica de refugiados desfilou no estádio do Maracanã e foi ovacionada pelo público. Nesta segunda-feira, os atletas foram premiados com o Prêmio Laureus, considerado o "Oscar dos Esportes".

A equipe, que estreou nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, receberá o prêmio de Inspiração Esportiva do ano. O anuncio foi feito em Monaco, em uma entrevista coletiva feita por Nawal El Moutawaker, membro do Comitê Olímpico Internacional e da Academia Laureus.

"A equipe olímpica de refugiados foi uma das histórias do esporte em 2016. Nós falamos sobre resistência e determinação como peça-chave do sucesso dos atletas, e esse time tem tudo isso. Eles incorporam a mensagem de Nelson Mandela de que o esporte pode instalar esperança onde uma vez só ouve desespero", disse Moutawaker em discurso emocionado.

Os atletas refugiados não conquistaram medalhas, mas emocionaram a todos com grandes apresentações. Formaram a equipe o corredor sudanês Yiech Biel, o nadador sírio Rami Inis, os congoleses Yolande Mabika e Popole Misenga competiram no judô, a síria Yursa Mardini na natação, enquanto os sudaneses Anjelina Lohalith, Rose Lokonyen, James Chiengjiek e Paulo Amotun Lokoro participaram do atletismo, além do maratonista etíope Yonas Kinde.

O prêmio será entregue durante cerimônia em Monaco, na próxima terça-feira. Em 17 anos de história, os brasileiros Pelé, Ronaldo, Daniel Dias, Bob Burnquist, além da equipe de futebol de 2002, já foram premiados pelo Laureus, considerado o "Oscar dos Esportes".

Cansado de péssima gestão, halterofilista 5º colocado na Rio 2016 declara guerra à confederação

Confira a lista dos integrantes da equipe olímpica de refugiados:

Judô

Popole Misenga (-90kg)

País de nascimento: República Democrática do Congo

País onde se refugiou: Brasil

Yolande Bukasa Mabika (-70kg)

País de nascimento: República Democrática do Congo

País onde se refugiou: Brasil

Natação

Rami Ani

País de nascimento: Síria 

País onde se refugiou: Bélgica

Yusra Mardini

País de nascimento: Síria 

País onde se refugiou: Alemanha

Atletismo 

Yiech Pur Biel (800m)

País de nascimento: Sudão do Sul

País onde se refugiou: Quênia

James Nyang Chiengjiek (400m)

País de nascimento: Sudão do Sul

País onde se refugiou: Quênia

Yonas Kinde (maratona)

País de nascimento: Etiópia

País onde se refugiou: Luxemburgo

Paulo Amotun Lokoro (1.500m)

País de nascimento: Sudão do Sul

País onde se refugiou: Quênia

Anjelina Nada Lohalith (1.500m)

País de nascimento: Sudão do Sul

País onde se refugiou: Quênia

Rose Nathike Lokonyen (800m)

País de nascimento: Sudão do Sul

País onde se refugiou: Quênia

Comentários

Equipe olímpica de refugiados vence o Oscar dos Esportes

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.