Ouro no atletismo em Pequim, norte-americana é suspensa por testar positivo no doping

EFE
Artur Widak/Getty Images
Dawn-Harper Nelson
Dawn-Harper Nelson, medalhista olímpica dos Estados Unidos 

A norte-americana Dawn Harper-Nelson, medalhista de ouro nos 100 metros com barreiras dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e de prata quatro anos depois, em Londres, foi suspensa por três meses, conforme anunciou nesta quarta-feira a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA).

A atleta, de 32 anos, testou positivo para hidroclorotiazida, um diurético proibido. A defesa de Harper-Nelson alegou que ela havia ingerido medicamento com prescrição, para tratar um problema de pressão alta.

"Aprendi uma lição valiosa e espero que meu erro sirva de lembrança para todos, que verifiquem bem a composição de todos os remédicos que os médicos prescrevem", lamentou a barreirista, após tomar ciência da punição.

Histórias do Esporte: 'A corrida entre David e Golias' de 2013

Por causa do uso da substância, que é utilizada também para mascarar a presença de outros agentes dopantes ou para diminuir o peso, houve o aumento da produção de urina.

A suspensão de três meses de Dawn Harper-Nelson é retroativa, e começou a valer no dia 1º de dezembro do ano passado, vigorando, assim, até o fim deste mês.

Comentários

Ouro no atletismo em Pequim, norte-americana é suspensa por testar positivo no doping

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.