Mancuello comemora nova posição e rechaça saída do Flamengo: 'Não vou a lugar nenhum'

Gazeta Press
Em uma palavra, o que falta ao Fla? Comentaristas do 'Linha' respondem

O Flamengo se prepara para a estreia no Campeonato Carioca, neste sábado, contra o Boavista, na Arena das Dunas, em Natal. O técnico Zé Ricardo teve a chance de colocar a equipe que considera titular para a início da temporada em campo no fim de semana, na derrota para o Vila Nova-GO em amistoso. A novidade na formação foi a entrada do meia Mancuello em uma nova função, jogando mais pelos lados do campo.

"Desde o primeiro dia que cheguei aqui, o treinador me falou da possibilidade dessa nova posição. O jogador tem que estar aberto a ouvir novas opções. Além de competir e ficar no campo, acho bom para poder crescer e fazer novas funções no campo. Todo mundo quer ser titular, mas tenho opção de crescimento na minha carreira em outra posição", explicou.

No amistoso do final de semana, Mancuello foi escalado para atuar mais pela direita, diferentemente do vinha acontecendo até a temporada passada, quando o argentino queria atuar como segundo volante. O jogador afirmou que se sentiu bem na nova função e só reclamou do resultado final do amistoso contra os goianos.

Bertozzi: 'Flamengo precisa variar as maneiras de jogar e ser um time menos previsível'

"Achei uma boa posição, antes do jogo pensei muito no que podia acontecer. Não fiquei muito feliz com o resultado, mas pelo funcionamento e por acompanhar o lateral, penso em só continuar nessa posição, ajudar mais o Flamengo e conseguir jogar mais partidas neste ano", declarou.

Além de comentar sobre sua atuação dentro de campo, o meio-campista comentou os rumores do mercado. O argentino chegou a ter sua saída especulada pela imprensa no início do ano. No entanto, Mancuello ressaltou que em nenhum momento quis sair do Flamengo.

"Começaram a falar de propostas do América, Independiente e de outros times, mas eu ficava tranquilo porque saí daqui e falei com Rodrigo e com o treinador que, apesar de eu não ter jogado mais na segunda parte do ano, eu falei que o Flamengo era muito grande e que eu não ia a lugar nenhum", afirmou.

Nicola: 'Berrío seria um melhor reforço que Vargas para o Flamengo'

Por fim, o jogador espera repetir a atuação contra o Boavista, adversário na estreia do Estadual. Foi contra a equipe da Região dos Lagos que o argentino marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, em 2016.

"Eu tinha ficado fora do campo por lesão do joelho, voltei contra o Boavista. Não tinha feito nenhum gol, foi o meu primeiro. Lembro muito bem, ficou marcado na minha mente", finalizou.

Comentários

Mancuello comemora nova posição e rechaça saída do Flamengo: 'Não vou a lugar nenhum'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.