CBLoL 2017: Ilha da Macacada Gaming chega com enorme torcida, mas futuro incerto

Daniela Rigon / ESPN.com.br
KaBuM IDM
A equipe da KaBuM! Ilha da Macacada Gaming é uma das novatas do CBLoL 2017
A equipe da KaBuM! Ilha da Macacada Gaming é uma das novatas do CBLoL 2017

De todos os times que disputarão o CBLoL 2017, o KaBuM! Ilha da Macacada Gaming tem, com certeza, uma das maiores torcidas. Formada ainda em 2016, a equipe conseguiu uma vaga na elite brasileira do League of Legends após uma parceria para representar a loja online KaBuM - e agora precisa lutar para mantê-la.

Esta não é a primeira vez que a IDM ocupa uma vaga em um torneio sem conquistá-la. Em março, logo após ser criada, a equipe tentou entrar para o Circuito Desafiante pela Série de Promoção, mas nem a ajuda de Felipe "YoDa" Noronha foi o suficiente. Com a derrota, a IDM encontrou outra forma de entrar na liga de acesso e comprou a vaga da Overload.

A FamILHA começou bem no Circuito Desafiante e até conquistou uma vaga nas semifinais da competição. Entretanto, na disputa, a equipe acabou sofrendo nas mãos da Remo Brave e não conseguiu se classificar para o CBLoL. Mesmo assim, a organização não desistiu e finalmente conseguiu seu espaço no CBLoL ao fazer a parceria com a KaBuM.

Novo time

A IDM passou por diversas mudanças de escalação desde que foi criada, em alguns momentos chegando a perder três jogadores de uma vez. A composição mais próxima à anunciada para o CBLoL foi a utilizada na XLG Super Cup, mas que também não rendeu resultados frutíferos. Na competição, a equipe terminou em última colocada do grupo sem ganhar uma única partida.

Divulgação
A nova escalação da KaBuM IDM tem nomes conhecidos do cenário de LoL
A nova escalação da KaBuM IDM tem nomes conhecidos do cenário de LoL

Para o CBLoL 2017, a Ilha da Macacada anunciou conhecidos nomes do cenário competitivo que podem ser considerados fortes individualmente, mas precisarão de muito entrosamento para surpreender na disputa.

O topo e a selva serão defendidos por Lucas "Zantins" Zanqueta e Daniel "Danagorn" Silva, ambos vindos da Red Canids e conhecidos de longa data dos espectadores. Ambos entraram na Matilha juntos para a Segunda Etapa do CBLoL 2016, quando a equipe sofreu para conquistar o 5º lugar e se manter na competição para o ano que vem.

Zantins, é um caso a parte. Quando estava na G3X, foi responsável por grandes embates e até conseguiu ficar entre as quatro primeiras equipes na primeira etapa do CBLoL 2015. Mas, depois disso, começou a perder o brilho, principalmente quando alguma coisa dava errada na rota superior e ele não tinha maturidade para responder. Uma das chaves para a vitória em cima da IDM pode ser explorar essa fraqueza.

Por sua vez, Danagorn é considerado um bom caçador, mas parece ter perdido o gás após sua experiencia no Mundial de 2014 com a KaBuM. O jogador passou pelo time principal e secundário da organização até entrar na Red Canids, em julho de 2016, mas não conseguiu grandes feitos na Matilha.

Divulgação / Riot Games
Após deixar o comando da RED Canids, e passagem pelo Chile, tem um novo desafio no Brasil.
Após deixar o comando da RED Canids e passar pelo Chile, Neki será o técnico da KaBuM! IDM

O meio da IDM ficará por conta de Guilherme "Vash" Del Bueno, que jogou pela equipe na XLG Super Cup. Vash é conhecido por ter conseguido salvar a CNB e-Sports Club do rebaixamento no CBLoL no início desse ano e fez parte da KaBuM antes da equipe ser extinta, sendo um jogador de experiência que pode ajudar bastante a IDM, mas ainda sem fazer frente a jogadores do "primeiro escalão", como Gabriel "Kami" Bohn, da paiN e Thiago "Tinowns" Sartori, da CNB.

Na rota inferior, a IDM terá o atirador Renato "TheFoxz" Souza e o suporte Marcelo "Riyev" Carrara. Enquanto Riyev está na equipe desde abril, antes do Circuito Desafiante, TheFoxz estava no Chile defendendo a Kaos Latin Gamers. A KLG, inclusive, foi a representante da América Latina Sul no International Wildcard Qualifier, mas não teve bons resultados e TheFoxz acabou voltando para o Brasil.

Por fim, o treinamento da equipe será feito por Vinicius "Neki" Ghilardi, antigo técnico da Red Canids. Um dos maiores desafios de Neki será trabalhar o entrosamento da nova equipe, o ponto-chave que pode determinar a estadia da IDM no CBLoL. 

Mais do que conquistar o título, a Ilha da Macacada Gaming tem grandes tarefas em seu primeiro CBLoL: provar que é digna da vaga que ocupa e, ao mesmo tempo, honrar a comunidade que a ajudou a se erguer.

Comentários

CBLoL 2017: Ilha da Macacada Gaming chega com enorme torcida, mas futuro incerto

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.