Associação de atletas defende exclusão de dopados dos Jogos Olímpicos

ESPN.com.br com Agência EFE
Getty
Olimpíada do Rio de Janeiro teve falhas antidoping
Número de casos de doping em Olimpíadas recentes aumenta após retestes

A Associação Mundial de Atletas Olímpicos (WOA), que reúne 120 mil participantes e ex-participantes de Jogos Olímpicos, defendeu nesta segunda-feira que os culpados de doping não voltem a participar de outra edição do evento, mesmo que já tenham cumprido a suspensão determinada.

Em comunicado divulgado três dias depois do segundo relatório McLaren, realizado a pedido da Agência Mundial Antidoping (Wada), a WOA também se disse partidária do banimento para aqueles que organizem esquema de doping.

Além disso, a entidade que reúne atletas e ex-atletas olímpicos defendeu que as análises e as punições para quem usar substâncias ilícitas em competições sejam independentes dos órgãos esportivos e governamentais.

Investigador da WADA acusa Rússia de novo escândalo de doping, envolvendo mais de 1000 atletas

Os atletas também pedem um "aumento radical" dos recursos para lutar contra o doping e que os "limpos" que pertencem a países que participam dos sistemas de doping não sejam punidos. A WOA é presidida pelo ex-decatleta francês Joël Bouzou, que participou de quatro edições dos Jogos Olímpicos entre 1980 e 1992.

Comentários

Associação de atletas defende exclusão de dopados dos Jogos Olímpicos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.