Inter não descarta ida à Justiça se for rebaixado: 'Já perdemos um campeonato no tapetão'

ESPN.com.br
Fernando Carvalho: 'Não tenho problema em ter fama de usar o tapetão'

O vice-presidente de futebol do Internacional, Fernando Carvalho, não descartou acionar o tribunal em caso de rebaixamento do time colorado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Para o dirigente, a ação pode ser tomada dependendo da situação.

"Já perdemos um campeonato no tapetão. Então, o Inter tem todas as questões éticas para defender o caso. Isso vai ser tratado com o jurídico. Não tenho problema de ter a fama de usar o tapetão, até porque já perdemos um título no tapetão. Achei injusto na época, mas decisão judicial a gente se conforma. O que dá direito de recorrer no tapetão é a existência do direito. Se ele existe, vamos perseguir", disse Carvalho, em entrevista à ESPN.

O dirigente se referiu ao Brasileirão 2005, quando 11 jogos foram anulados por conta de escândalo de arbitragem. O Corinthians foi o campeão com as 11 partidas remarcadas, mas o Inter teria levado se a tabela de classificação contasse os duelos originais.

Em 2016, para não ir à Série B, o Inter precisa derrotar o Fluminense fora de casa e torcer por tropeço do Sport contra o Figueirense, no Recife, ou por uma derrota elástica do Vitória diante do Palmeiras, na Bahia.

Caso seja rebaixado, o time colorado pode brigar para que o rival rubro-negro baiano perca pontos pela escalação de Victor Ramos. O caso já foi motivo de problema no Campeonato Baiano, mas na época as reclamações não resultaram em nada.

Todos atletas do Inter viajarão para o RJ; Eduardo Affonso traz informações
Comentários

Inter não descarta ida à Justiça se for rebaixado: 'Já perdemos um campeonato no tapetão'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.