Multicampeão como jogador, Mário Sérgio foi um ícone do futebol brasileiro

ESPN.com.br
ESPN

O acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense tirou a vida também de um ícone do futebol brasileiro, mas que não representava o clube catarinense. Mário Sérgio, ex-jogador, ex-técnico e então comentarista da emissora de televisão Fox Sports morreu aos 66 anos de idade.

O talentoso meia, conhecido como Vesgo e que alcançou a seleção brasileira na década de 80, alcançou grandes feitos como atleta. Ele foi bicampeão carioca pelo Fluminense (1975 e 1976), campeão paulista pelo São Paulo (1981), campeão baiano pelo Vitória (1972), campeão brasileiro (1979) e bicampeão gaúcho (1981 e 1984) pelo Internacional e campeão da Copa Intercontinal (1983) pelo Grêmio.

Mário Sérgio ainda passou pelo Flamengo - no qual começou a carreira no fim da década de 60 e conquistou a Taça Guanabara de 1970 -, Botafogo, Rosario Central, Ponte Preta, Palmeiras, Botafogo-SP, Bellinzona-SUI, antes de encerrar a carreira no Bahia em 1987.

Logo depois que se aposentou, Mário Sérgio teve uma curta passagem como técnico do Vitória e então se dedicou a ser comentarista esportivo.

ESPN

Porém, ele retornaria à beira dos gramados para comandar o Corinthians em 1993. Na sequência, passou por São Paulo, Vitória, Atlético-PR (3x), São Caetano, Atlético-MG, Figueirense (2x), Botafogo, Portuguesa, Internacional e Ceará, pelo qual teve sua última experiência como técnico em 2010.

Além do currículo extenso como treinador e a trajetória gloriosa de um atleta de seleção brasileira, Mário Sérgio também sempre esteve em evidências por polêmicas, declarações firmes e, sobretudo, autênticas. Como em 2001, quando, no comando do Atlético-PR, desabafou publicamente: "Ou o Atlético acaba com a noite ou a noite acaba com o Atlético."

Como atleta, em sua passagem pelo Palmeiras, chegou a ser suspenso por três meses em 1984 ao ser pego em um exame antidoping depois de clássico contra o São Paulo por uso de anfetamina.

Torcedores da Chapecoense fazem vigília na Arena Condá

Em 2012, ele voltou à televisão para ser comentarista da Fox Sports. O ex-jogador e técnico viajava com jornalistas da Fox Sports que também faleceram: Victorino Chermont, Rodrigo Santana Gonçalves, Deva Pascovitch, Lilacio Pereira Jr. e Paulo Júlio Clement.

Especialista em acidentes aéreos fala sobre avião que trasportava a Chapecoense

Seja criticado ou idolatrado, Mário Sérgio nunca foi indiferente. No campo, à beira dele ou diante dos microfones, o futebol brasileiro perde um ícone.

Arte/ESPN.com.br
Mapa mostra o ponto da queda do voo da Chapecoense
Mapa mostra o ponto da queda do voo da Chapecoense

Confira todas as notícias sobre a tragédia envolvendo a Chapecoense

Comentários

Multicampeão como jogador, Mário Sérgio foi um ícone do futebol brasileiro

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.