No aniversário da Batalha dos Aflitos, Náutico frustra torcida e continua na Série B

ESPN.com.br
Confira os gols da vitória por 2 a 0 do Oeste sobre o Náutico

No aniversário de 11 da "Batalha dos Aflitos", o Náutico frustrou seus torcedores e novamente não teve sorte. O time não conseguiu o acesso para a primeira divisão nacional. Para subir, precisava vencer o Oeste e torcer por derrota do Vasco frente ao Ceará ou do Bahia para o Atlético-GO. Os vascaínos venceram (2 a 1), enquanto o rival baiano perdeu (1 a 2), mas o Timbu não fez sua parte e foi derrotado por 2 a 0, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, o que revoltou os torcedores.

O resultado fez o Náutico terminar a Série B com 60 pontos e na quinta colocação, mesma colocação do ano passado. Já o Oeste, que também entrou em campo pressionado, conseguiu se salvar do rebaixamento, com 41 pontos e na 16ª colocação.

O time paulista ainda quebrou um jejum de 16 jogos sem vencer na Série B. Vinha de uma sequência de nove empates e sete derrotas na competição.

A partida ainda foi interrompida aos 36 minutos do segundo tempo porque alguns torcedores invadiram o gramado para protestar. A polícia militar também entrou no campo para dar segurança. Durante o ato, Rony foi cobrado e outros jogadores ameaçados de agressão.

Somente após 19 minutos é que a partida voltou a ser disputada. Neste momento, o Vasco já havia confirmado a última vaga na Série A. Portanto, novas vaias contra o Náutico.

FRUSTRAÇÃO

Os torcedores não pouparam o Náutico e vaiaram o jogadores logo que o Oeste fez o primeiro gol, com Pedro Carmona, aos 21 minutos do primeiro tempo. A irritação aumentou aos 27 com a notícia de que o Ceará havia aberto o placar contra o Vasco, no Maracanã.

A derrota parcial do clube vascaíno, deixava o acesso nas mãos do Náutico. Mas para o time teria de virar o placar contra o Oeste. Aconteceu algo pior: o time pernambucano sofreu o segundo gol. Mike marcou aos 39 da etapa inicial.

Mais vaias e alguns torcedores até deixaram a Arena Pernambuco desiludidos.

O segundo tempo foi ainda mais sofrido para os torcedores Náutico. Isso porque bastaram quatro minutos para o Vasco virar a partida no Rio de Janeiro. 

Além disso, o Náutico passou a jogar melhor, mas esbarrou em excelentes defesas de Felipe Alves, o goleiro do Oeste. Foram pelo menos três boas finalizações consecutivas em que o arqueiro foi muito bom e evitou tentos dos donos da casa.

Gazeta Press
Pedro Carmona comemora o primeiro gol do Oeste contra o Náutico
Pedro Carmona comemora o primeiro gol do Oeste contra o Náutico

BATALHA DOS AFLITOS

Foi no dia 26 de novembro de 2005 que o Náutico recebeu o Grêmio no estádio dos Aflitos, em Recife, com a possibilidade de vencer e sagrar-se campeão da Série B.

Mas o time pernambucano foi derrotado por 1 a 0 em jogo que os gremistas tiveram quatro jogadores expulsos. A vitória fez o time gaúcho subir e sagrar-se campeão.

Já o Náutico, que também teve um atleta expulso, terminou na terceira colocação do quadrangular e não subiu - naquela edição somente os dois primeiros subiam.

Sálvio prevê multa ao Náutico após 'cenas patéticas' e critica falta de prevenção

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 0 X 2 OESTE

Data: 26 de novembro de 2016, sábado
Horário: 17h30 (de Brasília)
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Público: 25.602 pagantes
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Bruno Boschilia (Fifa-PR)
Cartões Amarelos: Betinho e André Castro (Oeste); Marco Antônio e Rony (Náutico)

GOLS: Pedro Carmona, aos 21 minutos do primeiro tempo; Mike, aos 39 minutos do primeiro tempo

NÁUTICO: Julio Cesar; Joazi, Igor Rabello, Rafael Pereira e Gastón Figueira; João Ananias, Rodrigo Souza, Marco Antônio (Jefferson Nem) e Vinícius (Léo Santos); Rony e Bergson (Esquerdinha). Técnico: Givanildo Oliveira

OESTE: Felipe Alves; Felipe Rodrigues (Velicka), Betinho, André Castro e Danielzinho; Léo Artur, Pedro Carmona e Marquinho; Crysan (Wellington), Marcus Vinícius (Francis) e Mike. Técnico: Fernando Diniz

Comentários

No aniversário da Batalha dos Aflitos, Náutico frustra torcida e continua na Série B

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.