La legge dell'ex: Em reencontro, Higuaín faz, não comemora, e Juventus vence o Napoli

ESPN.com.br
Veja os melhores momentos da vitória da Juventus sobre o Napoli por 2 a 1 pelo Italiano

Se no Brasil a "Lei do ex" costuma ser implacável, na Itália parece existir La legge dell'ex...

Neste sábado, Higuaín ia fazer partida discreta pela Juventus no reencontro com o Napoli, sua ex-equipe. Mas, como mandam as "escrituras", a bola caiu em seu pé para fazer o gol da vitória por 2 a 1 da Juventus sobre o rival, em Turim, no clássico válido pela 11ª rodada do Campeonato Italiano.

Ao marcar, aos 25 minutos do segundo tempo, o centroavante não comemorou, em respeito à equipe que defendeu por três anos (entre 2013 e 2016), e que deixou na última janela de transferências após uma proposta "absurda" de 90 milhões de euros (R$ 317 milhões, na cotação atual) - o que o fez ser considerado um "traidor" em Nápoles.

Foi o segundo bom momento do argentino na partida. Antes do gol, ele fazia partida apagada e havia aparecido apenas aos 23 do primeiro tempo, quando recebeu bom lançamento e bateu cruzado, sendo travado com precisão por Chiriches.

GIUSEPPE CACACE/AFP/Getty Images
Higuain Juventus Insigne Napoli Campeonato Italiano 29/10/2016
Higuaín fazia jogo discreto até marcar

Os outros gols saíram todos também no segundo tempo, que foi bem movimentado, ao contrário de um primeiro tempo mais estudado e com as defesas levando a melhor sobre os ataques.

Quem saiu na frente foi a Juve, em uma falha bizarra da zaga napolitana: Ghoulam deu uma "canelada" na bola e "espirrou o taco" para trás, e ela sobrou limpa para o zagueiro Bonucci chegar enchendo a bomba, fazendo a torcida explodir de alegria no Juventus Stadium, que como semper contou com capacidade total.

Só que o Napoli não se abalou e buscou o empate poucos minutos depois: Insigne deu seu cruzamento característico para a área, o espanhol Callejón passou nas costas dos zagueiros e apenas tocou de chapa na saída de Buffon para igualar.

Depois, viria o gol de Higuaín, em mais uma rebatida da zaga napolitana, que encontrou o argentino livre na área. Com um chute seco, de perna esquerda, o camisa 9 estufou as redes de Pepe Reina e em seguida levantou as mãos, sem comemorar ou sorrir.

Loris Roselli/NurPhoto via Getty Images
Buffon Juventus Napoli Campeonato Italiano 29/10/2016
Buffon garantiu vitória da Juventus

Até o apito final, os celestes tentaram o empate, e até criaram ótimas chances, mas o sempre eficiente Buffon estava lá para fazer seus "milagres" e assegurar a vitória da "Velha Senhora".

Com o resultado, a Juventus segue tranquila na ponta da Serie A, com 27 pontos, cinco a mais que a Roma, que joga neste domingo contra o Empoli, fora de casa.

O Napoli, por sua vez, fica em 3º, com 20 pontos.

Na próxima rodada, a Juve visita o Chievo, dia 6 de novembro, às 12h (horário de Brasília). Um dia antes, às 17h45, a equpe celeste recebe o Napoli no San Paolo.

Comentários

La legge dell'ex: Em reencontro, Higuaín faz, não comemora, e Juventus vence o Napoli

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.