Ana Sátila avança às semis no Pan e no Sul-Americano de canoagem slalom

Gazeta Press
Divulgação/Canoagem Brasil
Ana Sátila durante prova em Deodoro
Ana Sátila durante prova em Deodoro

De volta ao Rio de Janeiro após a decepção nos Jogos Olímpicos, Ana Sátila parece ter superado o trauma da eliminação precoce no torneio. No primeiro dia de disputas do Campeonato Pan-Americano e Sul-Americano de canoagem slalom, a brasileira confirmou a classificação em duas finais, na manhã deste sábado.

Há cerca de dois meses, na disputa olímpica, Sátila sofreu uma punição após passar por fora em uma das balizas, recebendo 50 segundos a mais no seu tempo. Assim, a esperança brasileira de pódio na categoria slalom da modalidade se perdeu, já que a mineira não conseguiu avançar às semifinais.

Neste final de semana, Ana retornou ao Complexo de Deodoro, local do fatídico incidente, e não pareceu sentir os efeitos causados pela Olimpíada. Na categoria K1 feminina, Sátila se classificou em quarto lugar, após marcar 162s32. A compatriota Marina Souza Costa liderou a eliminatória, com 144s83. A final será às 9h55 (de Brasília).

Na categoria C1, a mineira se classificou em primeiro lugar com sobras, completando o percurso em 123s03. Ela disputará a final ao lado das argentinas Nadia Riquelme, Maria Luz Cassini e a paraguaia Ana Paula Fernandes Castro. A bateria está marcada para às 11h07.

Nas disputas masculinas, Felipe Borges, Leonardo Curcel e Charles Correa avançaram à final do C1. Na categoria K1, os representantes do Brasil serão Pedro da Silva, primeiro brasileiro finalista olímpico da história na canoagem slalom, Ricardo Martins Taques e Guilherme Mapelli.

Comentários

Ana Sátila avança às semis no Pan e no Sul-Americano de canoagem slalom

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.