Para sonhar com ida à Rússia, Moreno pede para Bolívia não temer o Brasil

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Gazeta Press
Marcelo Moreno (centro) comemora gol da Bolívia contra o Equador
Marcelo Moreno (centro) comemora gol da Bolívia contra o Equador

A Bolívia não abandonou as pretensões de se classificar para a Copa do Mundo da Rússia. Para o atacante Marcelo Moreno, uma vitória contra a seleção brasileira, nesta quinta-feira, na Arena das Dunas, em Natal, dará a confiança que a equipe necessita para se recuperar nas eliminatórias da América do Sul.

Com apenas sete pontos somados nas Eliminatórias e ocupando a oitava colocação, a equipe espera aproveitar o bom momento iniciado com a vitória por 2 a 0 sobre o Peru, no dia 1º de setembro. Na última rodada, disputada no dia 6 de setembro, o time boliviano surpreendeu ao empatar sem gols com o Chile, no Monumental, em Santiago.

"Sei como é enfrentar o Brasil, uma seleção que merece todo o respeito. Mas, da nossa parte, temos que colocar tudo em campo para conquistar um bom resultado", afirmou Moreno. "Não temos medo de jogar com o Brasil. O jogo opõe onze jogadores contra onze. E entramos em todas as partidas para ganhar."

Marcelo Moreno é um velho conhecido da torcida brasileira, já que acumulou passagens por Grêmio, Flamengo e Cruzeiro. Hoje no futebol chinês, o atacante de 29 anos continua sendo um dos principais nomes ofensivos do time boliviano.

"Nós jogaremos com amor e dignidade para conquistar um bom resultado e seguir sonhando com uma vaga na Copa do Mundo", afirmou.

Por que Diego Alves não está na seleção? Goleiro diz que vai esperar oportunidade

O primeiro time a integrar a zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018 é a Colômbia. O time soma 13 pontos e ocupa a quarta colocação nas eliminatórias.

A vaga na repescagem está com o Equador, que aparece na quinta posição da tabela, com os mesmos 13 pontos dos colombianos. Já o Brasil é o vice-líder, com 15 pontos.