Enganado por empresário, destaque do Atlético-PR já dormiu em aeroporto na Europa

Vladimir Bianchini, do ESPN.com.br
Gazeta Press
Lucas Fernandes é atacante do Atlético-PR no Campeonato Brasileiro
Lucas Fernandes é atacante do Atlético-PR no Campeonato Brasileiro

Lucas Fernandes impressiona pela maturidade dentro e fora de campo. Mesmo com apenas 22 anos, o atacante destaque do Atlético-PR passou por algumas experiências no mundo do futebol que o deixaram marcas e o fizeram crescer. Ainda adolescente viu o que parecia ser uma grande oportunidade virar quase um pesadelo.

Destaque na base do Real Deodorense, da cidade de Marechal Deodoro-AL, ele foi junto com mais quatro colegas de equipe com a promessa de fazer testes na Tunísia.

"Eu fui para o Étoile e o resto do pessoal para outro time. Eu mal treinava porque não entendia nada do idioma e não tinha quem me ajudasse. Fiquei uns dias no hotel sem saber o que fazer. Comia e dormia o dia todo", recordou o jogador, ao ESPN.com.br.

Após ligar para o empresário que o havia levado, Lucas foi levado um período de testes no FC Sion, da Suíça.

"Foi onde passei meu maior perrengue no futebol. Até passei fome. Eu treinei uma semana e a passagem para Tunísia de volta era só no sábado, às 16h30. Na quinta-feira, tive que sair do hotel e não tinha para onde ir. Na sexta, fui umas 19h para o aeroporto e dormi por lá nos bancos. Estava sem dinheiro e não tinha o que comer".

"O empresário me prometeu uma coisa e foi totalmente diferente. Minha história é importante ser contada porque serve de alerta para os meninos mais novos. É preciso tomar cuidado com as promessas".

Adaptado ao Atlético-PR, Lucas Fernandes elogia trabalho de Autuori no Furacão

DECEPÇÃO E DESTAQUE NA COPA SÂO PAULO

Lucas voltou depois ao Brasil e ficou um tempo sem clube até surgir uma chance no juvenil do Vitória, porém, veio outra decepção.

"Cheguei com campeonato em andamento e fui emprestado para outro time. Estava indo bem, mas ninguém do clube via meus jogos e bateu aquela depressão. O primeiro dinheiro que recebi usei para comprar uma passagem e fui embora".

Site oficial do Luverdense
Lucas Fernandes jogou pelo Luverdense
Lucas Fernandes jogou pelo Luverdense

O jogador permaneceu dois meses parado e queria desistir do futebol. Chegou até mesmo a ver cursos e empregos para seguir, mas a persistência de seu pai foi fundamental.

"Ele falou: ‘Você vai tentar ser jogador até os 20 anos. Eu dou suporte para você. Se não der certo você faz outra coisa'. Isso me deu outro ânimo".

Lucas conheceu os seus atuais empresários, que o levaram para fazer testes no CRB-AL, em 2013. "Eu não queria mais sair de Alagoas e deu certo. Fui bem no sub-20 e assinei meu primeiro contrato profissional".

No ano seguinte, o atacante foi disputar a Copa São Paulo de futebol júnior pelo time alagoano.

"Não era para eu ir. A diretoria queria usar como vitrine para jogadores mais novos e eu ia fazer 20 anos naquele ano. Mas como a base foi terceirizada, eu fui mais para ajudar porque o time estava acostumado a jogar comigo. Só que fiz um campeonato acima da média a chamei muita atenção. Vários times quiseram me contratar e fui ao Fluminense".

No time sub-20 das Laranjeiras, ele atuou ao lado de Kennedy, Marlon, Gerson e Gustavo Scarpa. No ano seguinte, ele foi emprestado para o profissional do Bonsucesso e depois Luverdense, na Série B do Brasileiro. "O [técnico] Júnior Rocha foi muito importante para minha carreira. Ele me ensinou muitas coisas na parte tática e sou muito grato por tudo".

Gustavo Oliveira/Site Oficial
Lucas Fernandes é atacante do Atlético-PR no Campeonato Brasileiro
Lucas Fernandes foi emprestado pelo Flu

Neste ano, ele jogou o Catarinense pelo Avaí antes de chegar ao Atlético-PR.

"Vim disposto a aproveitar toda a estrutura fantástica do clube para crescer na carreira. Graças a Deus, as coisas estão acontecendo de uma forma melhor que o esperado. Consegui fazer bons jogos e quero crescer cada vez mais".

O apoio do técnico Paulo Autuori foi fundamental para a rápida adaptação do atacante.
"Ele te dá liberdade pra expor o que você acha. O Paulo é um vencedor e está me ajudando demais a fazer bons jogos. Cheguei disposto a aprender e é uma satisfação enorme trabalhar com ele".

Os comandantes: confira o ranking dos treinadores após a 27ª rodada do Brasileirão

O time rubro-negro é o sexto colocado do Campeonato Brasileiro com 42 pontos, três a menos que o Santos, quarto colocado e próximo adversário, neste sábado.

"Queremos brigar por uma vaga na Libertadores e não podemos mais perder pontos. Somos fortes dentro de casa e queremos ser fortes também fora. Passamos por uma fase difícil com jogos fora de casa, mas agora a confiança está enorme".

Comentários

Enganado por empresário, destaque do Atlético-PR já dormiu em aeroporto na Europa

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.