Promessa embala, vira capitão da seleção e joga ídolo Lugano 'para escanteio'

Gazeta Press
Gazeta Press
Lyanco virou o preferido de Ricardo Gomes e deixou uruguaio no banco de reservas
Lyanco virou o preferido de Ricardo Gomes e deixou uruguaio no banco de reservas

A lesão de Maicon na coxa esquerda deve deixar o capitão do São Paulo fora de ação por aproximadamente 15 dias. A abertura de uma vaga no time titular evidencia uma questão que ninguém gosta de tocar dentro do clube. Qual é a real posição de Diego Lugano dentro do clube?

Ricardo Gomes tentou contemporizar ao ser questionado sobre o uruguaio ser apenas o quarto reserva no setor, mas, não há mais como negar que Lyanco pediu passagem e se consolidou no grupo.

No números, Diego Lugano ainda aparece bem em relação ao jovem zagueiro. Aos 35 anos, o ídolo já fez 23 jogos pelo time tricolor neste ano e atuou por 1985 minutos. Entretanto, a última vez que pisou no gramado com a camisa são-paulina foi no longínquo 4 de agosto, quando os paulistas perderam para o Atlético-MG em pleno Morumbi, por 2 a 1.

Arena da Baixada segue sendo 'Santuário' contra o São Paulo

Por outro lado, quem começou o ano sem muitas expectativas, está em clara ascensão. O jogador fez "apenas" 12 jogos pelo clube na temporada - foram 961 minutos -, mas, dos últimos nove desafios do São Paulo, o jogador de 19 anos foi titular em seis e entrou no decorrer de outras duas partidas.

A vantagem de Lyanco sobre Lugano já tinha ficado nítida no período em que Rodrigo Caio desfalcou o time para jogar e conquistar os Jogos Olímpicos do Rio e foi ratificada no clássico contra o Palmeiras e no confronto com o Atlético-PR. Em ambas as partidas Lyanco foi o escolhido para substituir o Rodrigo Caio e Maicon, respectivamente, que se lesionaram em meio às disputas.

Ninguém questiona a importância de Diego Lugano dentro do São Paulo. No entanto, a situação do uruguaio caminha cada vez para apenas uma posição de liderança interna, de controle de grupo e uma espécie de porta-voz, principalmente em questões delicadas, como no protesto em que a torcida invadiu o CT da Barra Funda, dia 27 de agosto.

Lyanco nem de perto goza do mesmo prestígio que seu concorrente, mas, em campo, não tem dado brecha para Lugano e tem se consolidado a cada jogo, a cada treino. Sua valorização já o faz capitão da seleção brasileira sub-20 e, caso Rodrigo Caio realmente seja vendido no fim do ano, como se espera, o São Paulo já está preparado para suprir a lacuna.

Para Bertozzi, gol sofrido por Denis foi azar: 'Não podemos esquecer dos bons jogos que tem feito'

Pensando a curto prazo, Ricardo Gomes ainda não confirmou, mas os treinos desta terça e quarta devem apontar mais uma vez Lyanco como titular na quinta-feira, para o duelo contra o Juventude, pela Copa do Brasil, desta vez ao lado de Rodrigo Caio em função do estiramento de Maicon, que deve deixar o capitão no Reffis por, no mínimo, dois jogos.

Comentários

Promessa embala, vira capitão da seleção e joga ídolo Lugano 'para escanteio'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.