Miranda e Neymar marcam, seleção derrota Colômbia e Tite cumpre a 1ª meta

ESPN.com.br
Seleção sofre, mas Neymar decide e Brasil vence Colômbia em Manaus

Com a mesma escalação da estreia e uma boa dose de sofrimento, a seleção brasileira venceu a Colômbia por 2 a 1 na segunda partida do técnico Tite no comando da equipe. O duelo foi disputado na Arena da Amazônia, em Manaus, na noite desta terça-feira, pela oitava rodada da eliminatória da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

O triunfo foi obtido com gols do zagueiro Miranda e do atacante Neymar. Assim, Tite cumpriu a primeira meta dele na seleção brasileira, que era fazer a equipe voltar para a zona de classificação ao Mundial de 2018 - ao assumir, a equipe era a sexta.

Agora a equipe canarinho está na segunda colocação na eliminatória, com 15 pontos - assim como a Argentina, que é terceira pelo saldo de gols inferior (7 a 3). A Colômbia é quarta, com 13, ainda na zona de classificação ao Mundial.

Diferentemente da estreia de Tite contra o Equador, quando a equipe venceu por 3 a 0, em Quito, o futebol da seleção empolgou mais no primeiro tempo. Na etapa final, os colombianos melhoraram e chegaram a ter chances de vencer.

O jogo mudou de figura com as entradas de Philippe Coutinho no lugar de Willian e Giuliano na vaga de Paulinho. A seleção voltou a dominar as ações, tocar bem a bola e chegar ao ataque com perigo - como fez no primeiro tempo.

Getty Images
Miranda comemora gol do Brasil contra a Colômbia
Miranda comemora gol do Brasil contra a Colômbia

OS GOLS

O Brasil repetiu uma tradição em jogos em casa pela eliminatória e abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Neymar cobrou escanteio e o zagueiro Miranda, posicionado na primeira trave, finalizou de cabeça para fazer 1 a 0.

Contra a Venezuela e o Uruguai, ainda com Dunga, a seleção também marcou gols logo nos instantes inicias da partida. Venceu o primeiro rival por 3 a 1 e empatou com outro por 2 a 2.

O empate da Colômbia ocorreu em um momento que a seleção brasileira era melhor e foi marcado contra pelo zagueiro Marquinhos. James Rodríguez cobrou uma falta em direção a área. Carlos Sánchez estava pronto para fazer o cabeceio, mas foi o brasileiro que acabou desviando a bola e enganando o goleiro Alisson.

Após um período de sofrimento, o Brasil fez o segundo gol aos 28 minutos do segundo tempo, com Neymar. A jogada teve participação de quase todo os jogadores de ataque.

Juca pede Coutinho titular, vê Paulinho com 'delay' e conclui: 'Estou satisfeito e surpreso'

Primeiro, Philippe Coutinho passou a bola para Gabriel Jesus na meia-lua. O jogador do Palmeiras escorou a bola para Giuliano, que não dominou. Mas Coutinho apareceu rapidamente e tocou para Neymar, no lado esquerdo da área, que chutou cruzado.

BOM PRIMEIRO TEMPO

A seleção brasileira teve apenas um vacilo no primeiro tempo, que foi o gol contra marcado por Marquinhos, uma vez que em outras jogadas a equipe de Pekerman não assustou.

Já os comandados de Tite mostraram um futebol bem organizado, com posse de bola, troca de passes e infiltrações no ataque, especialmente pelo lado esquerdo com Neymar.

O que faltou para a seleção nos 45 minutos iniciais foi mais poder de fogo. Isso porque a equipe não deu tanto trabalho ao goleiro rival. O lance que poderia ter gerado o segundo gol foi invalidado porque Paulinho usou o braço para dominar a bola dentro da área após um lançamento perfeito de Neymar.

Por causa desse lance, o volante recebeu cartão amarelo e terá de cumprir suspensão automática contra a Bolívia, no dia 7 de outubro, pela nona rodada da eliminatória - isso, é claro, se ele for convocado novamente por Tite.

Getty Images
James Rodríguez finaliza no confronto Colômbia x Brasil
James Rodríguez finaliza no confronto Colômbia x Brasil

SEGUNDO TEMPO SOFRIDO

O primeiro lance de perigo da etapa final foi uma finalização de Bacca, dentro da área, sem marcação, na qual a bola acabou passando rente a meta de Alisson. Isso explica um pouco do quanto o segundo tempo foi tenso para a seleção brasileira.

A equipe continuou organizada, mas teve dificuldade para superar a forte marcação imposta pelos colombianos, que buscaram ainda o gol da vitória nos contra-ataques.

O que mais foi sofrido na etapa final foram os passes. Com a marcação bem mais acirrada, a equipe trocou menos passes, errou mais e chegou pouco ao gol rival. 

O gol de Neymar, aos 28 minutos, foi marcado em momento que a equipe mais sofria do que dava alegrias. E mudou o restante do jogo. O Brasil voltou a mandar na partida.

Getty Images
Jogadores da Colômbia comemora gol contra o Brasil
Jogadores da Colômbia comemora gol contra o Brasil

AGORA SÓ EM OUTUBRO

Os próximos adversários da seleção brasileira são Bolívia e Venezuela, em 7 e 11 de outubro, respectivamente, também pela eliminatória sul-americana.

O primeiro duelo será na Arena das Dunas, em Natal. O segundo será na Venezuela, mas ainda em estádio não definido pela federação local.

A Colômbia jogará nos mesmos dias contra o Paraguai, fora de casa, e Uruguai, em casa. As cidades-sedes ainda não foram definidas pelas equipes.

Para Arnaldo, Casemiro foi o 'pilar' da seleção contra a Colômbia: 'Desarma como poucos'

FICHA TÉCNICA:
BRASIL 2 X 1 COLÔMBIA

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Público: 36.601 presentes
Renda: R$ 5.840.500,50
Data:
6 de setembro de 2016, terça-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Assistentes: Ivan Nuñez e Gustavo Rossi (ambos da Argentina)
Cartão amarelo: Paulinho, Marcelo e Neymar; Medina
Gols: Miranda, ao 1 minuto, e Marquinhos (contra), aos 35 minutos do 1º tempo; Neymar, aos 28 minutos do 2º tempo

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Giuliano) e Renato Augusto; Willian (Philippe Coutinho) e Neymar; Gabriel Jesus (Taison). Técnico: Tite

COLÔMBIA: David Ospina; Medina, Oscar Murillo, Jeison Murillo e Farid Díaz; Carlos Sánchez, Bariros, Macnelly Torres (Cuadrado) e James Rodríguez; Luis Muriel e Carlos Bacca (Roger Martínez). Técnico: José Pékerman

Comentários

Miranda e Neymar marcam, seleção derrota Colômbia e Tite cumpre a 1ª meta

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.