Histórico! Thiago Braz conquista a medalha de ouro no salto com vara

Antônio Strini, do Rio de Janeiro (RJ), do ESPN.com.br
Thiago Braz conquista a medalha de ouro no salto com vara

Thiago Braz está na história do esporte brasileiro.

Na noite desta segunda-feira, no Engenhão, o atleta de 22 anos conquistou a medalha de ouro dos Jogos do Rio de Janeiro no salto com vara ao obter a marca de 6m03, batendo simplesmente o recorde pessoal, sul-americano e olímpico.

Ele superou "apenas" o francês Renaud Lavillenie, o dono da melhor marca da história da prova (6m16) e que buscava o bicampeonato. O europeu errou duas tentativas em 6m03 e foi para a última no 6m08, mas não conseguiu passar o sarrafo.

O bronze ficou com o norte-americano Sam Kendricks.

E o ouro, assim, é do Brasil, o segundo nessa Olimpíada! Ele se junta a Adhemar Ferreira da Silva (duas vezes), Joaquim Cruz e Maurren Maggi como campeões em Jogos.

"Logo que o Lavillenie passou os 5m98, eu senti dentro de mim algo como se fosse Deus falando para tentar os 6m03. Aí falei com meu treinador e ele me disse para fazer isso mesmo", contou Thiago aos canais ESPN.

Em 1min, assista ao resumo da participação brasileira no 10º dia da Rio 2016

"A primeira tentativa minha não foi das melhores. Na segunda, tentei esquecer tudo, até o meu medo de errar. E sabia que a barra caía por qualquer toque que tivesse nela. Na hora que passei da barra, já sabia que tinha conseguido", completou.

"Estou ansiosa para ver ele, faz tempo que a gente não se vê", disse a esposa de Thiago Braz, a também atleta Ana Paula de Oliveira. "Acompanhei toda a trajetória dele, e merece muito. Ele lutou muito, botou o coração lá e fez tudo o que podia para ganhar o ouro. Ele já começou a vida tendo que lutar. Estou muito feliz, ele merece muito."

Especialista exalta 'ouro histórico' de Thiago Braz no salto com vara: 'Surpreendente'

História

"Um sonho: saltar o mais alto possível e ser campeão olímpico" é o que diz seu perfil no site de seu clube, o BM&FBOVESPA. Precisa dizer algo mais?

Nascido em Marília (SP), Thiago Braz foi campeão mundial júnior há quatro anos e treina atualmente com o ucraniano Vitaly Petrov, o técnico que forjou para o esporte Yelena Isinbayeva, a maior saltadora da história.

Em 2014, no ciclo olímpico, ele sofreu uma lesão no punho esquerdo ao cair fora do colchão, mas superou a recuperação complicada para dar a volta por cima.

Thiago Braz dá ao Brasil a nona medalha nos Jogos em casa: antes, já havia ouro com Rafaela Silva (judô); prata com Felipe Wu (tiro esportivo), Diego Hypólito e Arthur Zanetti (ambos ginástica); e bronze com Mayra Aguiar e Rafael Silva (ambos judô), Arthur Nory (ginástica) e Poliana Okimoto (maratona aquática).

Outra expectativa de pódio no atletismo brasileiro é no salto com vara feminino com Fabiana Murer, que busca sua primeira medalha olímpica.

Thiago Braz já dava sinais de crescimento ao ser prata em etapa de Mundial em 2015; relembre

Veja o melhor da Olimpíada de 2016 nos canais ESPN e no ESPN.com.br . Além disso, acompanhe a toda a cobertura direto do Rio de Janeiro no seu celular, tablet ou computador pelo WatchESPN!

Comentários

Histórico! Thiago Braz conquista a medalha de ouro no salto com vara

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.