'Mina, seus cabelo é da hora': boxeador virou xodó da torcida no Rio ao som de Mamonas Assassinas

Gustavo Setti, do ESPN.com.br
Getty
Torcida cantou música dos Mamonas Assassinas para Carlos Mina
Torcida cantou música dos Mamonas Assassinas para Carlos Mina 

Se você já assistiu a alguma disputa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro deve ter reparado a brincadeira dos brasileiros nas arquibancadas com gritos de apoio a países azarões, "secada" aos favoritos e até torcida por atletas com nomes inusitadas. Foi o que aconteceu no boxe. Sorte (ou azar) de Carlos Andres Mina.

A princípio, o nome do equatoriano não é dos mais diferentes, mas os brasileiros encontraram uma forma para homenageá-lo. Logo em sua estreia na categoria até 81kg, Mina subiu no ringue e não demorou muito para os torcedores começarem a cantar a música "Pelados em Santos", dos Mamonas Assassinas.

"Mina, seus cabelo é da hora, seu corpão violão, meu docinho de coco, tá me deixando louco", diz a primeira estrofe da conhecida canção.

O lutador pode até não entender do que se trata, mas a homenagem deu certo. Afinal, Mina venceu a estreia contra o alemão Serge Michel na decisão unânime dos juízes. Na sequência, ele bateu o irlandês Joseph Ward nas oitavas de final na decisão dividida.

Agora, o equatoriano volta ao ringue no próximo domingo, quando enfrenta o francês Mathieu Bauderlique pelas quartas de final. Se vencer, Mina garante ao menos uma medalha de bronze e encara, na semifinal, o vencedor do duelo entre o brasileiro Michel Borges e o cubano Júlio Cesar La Cruz.

Comentários

'Mina, seus cabelo é da hora': boxeador virou xodó da torcida no Rio ao som de Mamonas Assassinas

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.