Conheça o time que só tem 13 jogadores a três dias da Premier League e que busca novo dono

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br
Jan Kruger/Getty Images
Hull City Comemora Gol Nottingham Forest Amistoso 30/07/2016
Hull City aparece como grande favorito a segurar a lanterna nessa temporada

Considerada a liga mais rica e organizada do mundo, a Premier League inglesa, com transmissão exclusiva dos canais ESPN e do WatchESPN, tem hoje um raro momento de amadorismo. É o caso do Hull City, recém-promovido da segunda divisão, que, a três dias do início do torneio, não tem técnico e possui apenas 13 jogadores profissionais regularizados para atuar na estreia, que está marcada para este sábado.

Finalista da última Copa da Inglaterra, o Hull foi simplesmente "pulverizado" durante a pré-temporada, principalmente depois que o dono da equipe, o empresário inglês de orígem egípcia Assem Allam (do ramo de fabricação de geradores elétricos), ficou doente e colocou seu filho, Ehab, no comando.

Inglês EXCLUSIVO na ESPN: Mauro Cezar mostra a magnitude e o tamanho da Premier League

Ehab se desentendeu com o técnico Steve Bruce, ídolo e uma verdadeira lenda no clube, e o treinador resolveu deixar o cargo, principalmente depois de ser cotado para o comando da seleção inglesa - que acabou escolhendo Sam Allardyce.

Além disso, a família Allam já se mostrou cansada de comandar o time, principalmente depois que a FA (Associação de Futebol da Inglaterra) proibiu que o clube mudasse de nome de Hull City para Hull Tigers, como queria Assem, que considerava que isso daria "mais força" à equipe. Desde então, os empresários colocaram seu maior bem à venda.

Atualmente, a agremiação negocia com magnatas orientais, como a Dai Yongge, um dos homens mais ricos da China, e sua irmã, Xiu Li Hawken, dona de uma gigantesca cadeia de shoppings em Hong Kong. Eles possuem um time na segunda divisão chinesa, o Beijing Renhe, e estariam interessados agora em assumir uma equipe britânica.

Assem Allam
Assem Allam Dono Hull City Burnley Campeonato Ingles 09/05/2015
Assem Allam, o criticado dono do Hull City

No entanto, enquanto o Hull não encontra um novo dono, vai perdendo jogadores e se desfazendo aos poucos. Ao todo, o treinador interino Mike Phelan só tem 13 atletas profissionais registrados para a estreia no Inglês, contra o Leicester, neste sábado, às 8h30 (horário de Brasília) - partida na qual os torcedores já prometeram protestar pedindo a saída da família Allam, a quem acusam de ter levado o tradicional time à falência.

Entre as principais saídas, aparecem Chuba Akpom e Isaac Hayden, que ajudaram os "Tigers" a subirem na temporada passada, mas retornaram ao Arsenal, além de Sone Aluko e Ryan Taylor, dois dos destaques do clube na última Championship.

João Castelo Branco cobre a Premier League in loco em busca de grandes histórias

Também há vários casos de lesões graves, como a do zagueiro Michael Dawson, fora pelos próximos três meses, e do lateral Moses Odubajo, ausente por seis.

Já a única contratação feita nos últimos meses foi a do goleiro Dusan Kuciak, de 31 anos, que foi trazido do Legia Varsóvia-POL em janeiro, por modestas 200 mil libras (R$ 813,6 mil), para ser reserva do experiente escocês Allan McGregor.

Entre os jogadores, que nada podem fazer em meio à bagunça, o clima é de brincadeiras. Em suas contas nas redes sociais, eles vêm ironizando a desorganização do clube, postando fotos do "super-elenco" de 13 jogadores em meio à pré-temporada.

"Uma pré-temporada estranha, sem dúvida alguma", escreveu o volante Huddlestone, um dos mais experientes do elenco. "Nosso elenco para a temporada 2016/17", apresentou o zagueiro Davies, adicionando emojis com sorrisos - irônicos, certamente.

Não à toa, segundo a previsão feita pelo jornal The Guardian, o mais importante da Inglaterra, o Hull City é favorito absoluto para ficar com a lanterna da Premier League nesta temporada.

Difícil imaginar algo diferente disso...

Comentários

Conheça o time que só tem 13 jogadores a três dias da Premier League e que busca novo dono

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.