Amiga de todos e pioneira: a argentina que levou o primeiro ouro do judô no Rio

Guilherme Nagamine, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br
Laurence Griffiths/Getty Images
Paula Pareto: pioneira no esporte da Argentina
Paula Pareto: pioneira no esporte da Argentina

Faltando três minutos para o fim da final feminina na categoria ligeiro, a argentina Paula Pareto teve que sair do tatame. Um corte no lábio havia surgido após uma tentativa de golpe da adversária sul-coreana Bokyeong Jeong.

Um contratempo que não atrapalhou em nada: pouco tempo depois ela conseguiu um wazari, o suficiente para conseguir a vitória e garantir o ouro olímpico. Uma alegria um pouco maior do que já havia demonstrado na semifinal, quando ficou visivelmente emocionada após garantir passagem para a decisão.

Recebeu aplausos não só dos argentinos, mas também dos brasileiros presentes na sessão diurna na Arena Carioca 2. Um contraste com a sessão matutina, quando uma batalha de gritos acabou surgindo no local quando ela entrou no tatame pela primeira vez.

E ela não só ganhou como virou pioneira.

Pareto se tornou a primeira mulher argentina a ser campeã olímpica individual. Antes, ela já era um das poucas com uma medalha - foi bronze na Olimpíada de Pequim, em 2008.

Fora isso, aos 30 anos, se tornou a judoca mais velha a ser campeão na categoria ligeiro. Antes, a a mais veterana havia sido a japonesa Ryojo Tani, que tinha 29 anos.

"Eu sonhei muito com isso e estou muito feliz porque estavam todos me parabenizando. Eu comecei com um desempenho abaixo e estou muito feliz por ter vencido uma adversária tão dura", declarou.

Pareto também é conhecida por ter optado treinar no Japão certa época - na Argentina, eram poucas para treinar com ela no país. Fora isso, tem fama de gente boa.

"A Paula Pareto é atleta experiente, muito humilde e é amiga de todos... Nunca teve problema com ninguém, fico feliz por ela ter sido campeã olímpica", afirmou o brasileiro Felipe Kitadai.

Em relação ao futuro, ela ainda não sabe como vai ser. "Não tenho planos para agora. Quero deixar o judô quando for a hora", concluiu. 

100 fotos em 50 segundos: o resumo da cerimônia de abertura da Rio 2016

O judô nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro acontecerá até o próximo dia 12 de agosto, sempre na Arena Carioca 2, na Barra, a partir das 10h. Os canais transmitem ao vivo os Jogos Olímpicos e você pode assistir a tudo a qualquer hora e de qualquer lugar no WatchESPN.

Comentários

Amiga de todos e pioneira: a argentina que levou o primeiro ouro do judô no Rio

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.