Favorito para pódio, brasileiro 'ignora' recorde de rival nos 100m peito: 'O que vale é a final'

Igor Resende, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br
Al Bello/Getty Images
João Gomes segue confiante em uma medalha nos 100m peito
João Gomes segue confiante em uma medalha nos 100m peito

O Brasil entrou nos 100m com dois atletas candidatos ao pódio. E não decepcionou, ao menos nas eliminatórias. Felipe França e João Gomes Júnior passaram sem grandes dificuldades para a semifinal. O problema é que, logo após nadarem, viram o maior favorito ao ouro mandar um recado claríssimo aos concorrentes. O britânico Adam Peaty nadou como nunca e quebrou o recorde mundial, que era dele mesmo, logo de cara.

Nada, porém, que intimidasse os brasileiros.

"Foi um recado, um tempo bem destacado dos outros. Mas ainda temos duas caídas na água. E na final não é o tempo que ganha, é quem bate primeiro. O que vale é a final", disse João Gomes, confiante de um bom resultado.

O ‘problema' é que o tempo de Adam Peaty, de fato, foi sensacional. O britânico cravou 57.55, 37 centésimos mais rápido que a própria marca anterior. Como comparação, Felipe França passou às semifinais com 59.01 e João Gomes com 59.46.

O mais curioso, porém, foi ver a torcida brasileira incentivando Peaty. Mesmo que ele seja um rival pelas medalhas. "Eu ouvi o barulho da torcida na volta e pensei que tinha algum brasileiro na prova", disse o recordista, admitindo que não entendeu direito o que aconteceu.

Mas a explicação veio no placar. Peaty estava sendo incentivado para ser o responsável por quebrar o primeiro recorde do Rio de Janeiro na natação. E conseguiu!

As semifinais dos 100m peito masculino acontecem já na noite deste sábado. As finais ficam para o domingo.

Comentários

Favorito para pódio, brasileiro 'ignora' recorde de rival nos 100m peito: 'O que vale é a final'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.