Rio 2016 admite possibilidade de casos isolados de sabotagem na Vila Olímpica

Gazeta Press
Presidente do COI se mostra satisfeito com avanços na Vila Olímpica

A organização dos Jogos Olímpicos admitiu a possibilidade de ter havido casos isolados de sabotagem, durante a construção da Vila que receberá os atletas durante o Rio 2016. Segundo a Associated Press, os responsáveis não acreditam em uma organização para sabotar o local.

"Estamos considerando casos isolados, mas não temos provas suficientes para crer que aconteceu uma sabotagem organizada", afirmou Mario Andrada, diretor de comunicação do Comitê Olímpico Rio 2016. Para ele, a maior parte dos problemas foi causada por problemas operacionais durante o processo de erguimento da Vila.

A delegação da Austrália foi a primeira a fazer reclamações em relação aos defeitos encontrados nos apartamentos. Posteriormente, o presidente do Comitê Olímpico Argentino, Gerardo Werthein, também fez críticas ao local.

"Os departamentos estão terminados por fora, mas quando começaram os testes, encontraram problemas com encanamento, eletricidade, que seria o final da obra. Em nosso edifício, temos cinco pisos, e dois deles estão inabitáveis", afirmou Werthein, na última segunda-feira.

As Olímpiadas começam no próximo dia 5, com a cerimônia de abertura. As delegações começam a chegar ao Brasil, incluindo grandes estrelas como Usain Bolt, que pisou em solo brasileiro na noite da última quarta-feira. O gênio do atletismo buscará o tricampeonato olímpico dos 100m e dos 200m rasos.

Comentários

Rio 2016 admite possibilidade de casos isolados de sabotagem na Vila Olímpica

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.