Há 10 anos no clube, ídolo anuncia saída do Atlético-GO, 'vira a casaca' e vai para o Goiás

Gazeta Press
Gazeta Press
Goleiro Márcio - Atlético-GO
Márcio jogará agora no maior rival do Atlético-GO

Após 10 anos sendo guardião das redes do Atlético-GO, o goleiro Márcio se despediu do time. O jogador "viraou a casaca" e acertou justamente para o rival Goiás.

Com o time rubro-negro, Márcio conquistou quatro títulos goianos, uma Série C do Campeonato Brasileiro, e um acesso para a primeira divisão em 2009. O jogador agradeceu todos os momentos que viveu com o clube e disse que preferiu sair, pois não estava mais ajudando da forma que esperava.

"Tudo na vida tem um começo, um meio e um fim. Nós sabemos disso. Nestes meus 10 anos aqui no Atlético, se eu fosse enumerar as coisas positivas, faltaria tempo. Não me tornei apenas um grande jogador, mas sim um homem, um pai de família", disse.

Grato por tudo que o clube fez em sua vida, Márcio contou que não queria mais atrapalhar o andamento do time.

"O Atlético abriu as portas pra mim, quando todas as outras estavam fechadas. Chegamos onde chegamos. Pedi uma conversa com o Adson (Batista, diretor de futebol do clube) e expliquei meu sentimento. Hoje o meu coração não estava mais tão feliz aqui, apesar do imenso carinho que sinto pelo time. Não quero atrapalhar quem está no caminho certo", acrescentou.

Sobre sua relação com a torcida rubro-negra, Márcio reconhece que não era unanimidade entre os torcedores, apesar dos 10 anos de trabalho pelo clube. Mesmo assim, o arqueiro agradeceu pelo apoio.

"Quero agradecer também ao torcedor do Atlético-GO. É um torcedor que sabe exigir, sabe o que quer. Eles me ajudaram muito na trajetória e é muito difícil agradar a todos porque é uma torcida inteligente, mas acho que a maioria está feliz pelo que o clube se tornou nesses anos", declarou.

"Não consegui agradar a todos e também nem tive esta pretensão, mas saio satisfeito pela história que escrevi aqui. Cada foto tirada com torcedor teve um sorriso meu. Cada conversa teve sinceridade. Sempre fui muito bem acolhido, mas, infelizmente, não estava mais conseguindo contribuir como queria. Por isso decidi conversar com o Adson", finalizou.

Sobre sua ida para o Goiás, Márcio preferiu não se manifestar e disse que ainda tem coisas para acertar sobre seu futuro. Com o Atlético, o goleiro disputou 532 jogos e marcou 38 gols pelo "Dragão". Titular na primeira rodada da Série B, quando se machucou diante do Oeste, o jogador só voltou a atuar nos últimos cinco jogos. E já que participou de apenas seis partidas neste torneio, ele poderá se transferir para outro clube que disputa o campeonato.

Comentários

Há 10 anos no clube, ídolo anuncia saída do Atlético-GO, 'vira a casaca' e vai para o Goiás

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.