Espanha contrata segurança privada para Rio 2016

Agência Gazeta Press
Getty
Comitê Olímpico Espanhol contratou segurança privada para Olimpíada
Comitê Olímpico Espanhol contratou segurança privada para Olimpíada

Os membros da delegação espanhola nas Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016 terão segurança privada. O Comitê Olímpico Espanhol (COE) anunciou a contratação da empresa Prosegur, que tem filial no Brasil, para reforçar a proteção de atletas e dirigentes e da Casa da Espanha, localizada próxima ao Jardim Botânico.

O efetivo extra de segurança serve para os membros da delegação espanhola que não ficarão na Vila Olímpica. É a primeira vez na história que o país recorre a este tipo de iniciativa. Em Seul 1988, Barcelona 1992, Atlanta 1996 e Sydney 2000, agentes da Casa Real atuaram disfarçados para proteger os membros da família real presente aos eventos.

Segundo os meios de comunicação espanhóis, a contratação da empresa de segurança privada se deve mais ao temor da violência urbana do que de possíveis ataques terroristas. Nesta semana, as autoridades brasileiras admitiram rever o plano de segurança para os Jogos depois do ataque em Nice que matou mais de 80 pessoas.

Em maio, uma equipe de velejadores da Espanha que treinava no Rio de Janeiro foi assaltada no bairro de Santa Teresa, quando buscava um lugar para tomar café da manhã. Em junho, uma atleta paralímpica da Austrália também foi assaltada, o que fez o país da Oceania cobrar um reforço de segurança para o local.

Comentários

Espanha contrata segurança privada para Rio 2016

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.