Borja brilha novamente, Atlético Nacional-COL elimina São Paulo e vai à final

ESPN.com.br
RAUL ARBOLEDA/Getty Images
Borja comemora gol do Atlético Nacional-COL sobre o São Paulo pela Libertadores
Borja comemora gol do Atlético Nacional-COL sobre o São Paulo pela Libertadores 

Foi uma campanha cheia de momentos emocionantes e de reviravoltas improváveis, mas que termina de forma triste para o torcedor tricolor na noite desta quarta-feira. O São Paulo se apresentou de forma melhor do que na semana passada, mas não conseguiu reverter o placar do Morumbi, perdeu por 2 a 1 para o Atlético Nacional-COL e foi eliminado na semifinal da Copa Libertadores da América. A partida aconteceu no estádio Atanasio Girardot, em Medellín.

Os são-paulinos ainda tiveram um momento de esperança, quando Jonathan Calleri abriu o placar logo aos oito minutos. Mas o carrasco Borja empatou logo na sequência e dificultou ainda mais a missão tricolor na Colômbia.

A situação ainda poderia ter sido diferente se o árbitro Patricio Polic assinalasse pênalti na trombada sobre Hudson no final do primeiro tempo, mas o juiz entendeu o lance como normal. Borja também anotou o segundo dos donos da casa, depois do intervalo, de pênalti.

No segundo tempo, os colombianos demonstraram superioridade absoluta e perderam muitos gols.

Exaltados, dirigentes do São Paulo xingaram muito a arbitragem após o jogo

A atuação brasileira foi mais equilibrada do que a da última quarta, mas a impressão é de que a equipe pagou caro pelos erros cometidos dentro de casa. O time tricolor ainda perdeu dois jogadores expulsos após o segundo gol colombiano. Diego Lugano e Wesley receberam o vermelho por reclamação.

O Atlético Nacional agora vai atrás do segundo título de Libertadores da sua história. Os colombianos, que foram campeões em 1989, esperam o vencedor do duelo entre Boca Juniors-ARG e Independiente Del Valle-EQU. O confronto de volta acontece nesta quinta-feira, em Buenos Aires. Na ida, o time do Equador venceu por 2 a 1.

Antero esperava 'mais intensidade' do SP e fica em dúvida sobre suposto pênalti em Hudson

Ao São Paulo, resta pensar no segundo semestre. No domingo, o time entra em campo pelo Campeonato Brasileiro, contra o Corinthians, em Itaquera.

No Bate Bola Debate de terça, Faccioli disse que Bauza seria o maior culpado pela eliminação; reveja

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO NACIONAL 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Atanasio Girardot, em Medellín (Colômbia)
Data: 13 de julho de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília - 19h45 hora local)
Árbitro: Patricio Polic (CHI)
Assistentes: Marcelo Barraza e Christian Schiemann (ambos do CHI)
Cartões amarelos: ATLÉTICO NACIONAL: Mejía, Bocanegra.SÃO PAULO: Hudson, Centurión, Thiago Mendes, Lugano, Wesley.
Cartões vermelhos: SÃO PAULO: Lugano e Wesley.
GOLS:
ATLÉTICO NACIONAL: Miguel Borja, aos 15 minutos do 1T e aos 32 minutos do 2T.
SÃO PAULO: Calleri, aos 8 minutos do 1T.

ATLÉTICO NACIONAL: Armani, Bocanegra (Aguilar), Sanchez, Henriquez (Diego Arias) e Díaz; Mejía e Pérez (Guerra); Berrío, Macnelly Torres e Marlos Moreno; Borja. Técnico: Reinaldo Rueda.

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena (Carlinhos); Hudson (Alan Kardec), Thiago Mendes, Wesley, Centurión (Luiz Araújo) e Michel Bastos; Jonathan Calleri. Técnico: Edgardo Bauza.

Comentários

Borja brilha novamente, Atlético Nacional-COL elimina São Paulo e vai à final

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.