ESPECIAL - Tyson 50 anos: a trajetória do campeão em números e fatos

  • Um fenômeno na história do boxe, na história do esporte. Campeão mundial com apenas 20 anos, um poder de nocaute poucas vezes visto no esporte e uma estrela midiática, pronto para estrelar o que quisesse. Mike Tyson se tornou um dos grandes ícones dentro dos ringues, mas uma condenação por estupro estragou os planos do lutador. Ele voltou, mas não foi mais o mesmo. Os 50 anos do boxeador nascido no Brooklyn têm de tudo um pouco. Suas histórias estão contadas aqui.
  • 06/03/1985
  • Aos 18 anos, Tyson estreia profissionalmente diante de Hector Mercedes, em Nova York. A vitória foi obtida em 1minuto e 47 segundos
  • 26/07/1986
  • Faz a luta mais rápida da carreira e derruba Marvis Frazier, filho da lenda Joe Frazier, em apenas 30 segundos, em Nova York
  • 22/11/1986
  • Derrota Trevor Berbick no segundo assalto após desferir 106 golpes. Aos 20 anos e na 28ª luta, fatura o título do Conselho Mundial de Boxe
  • 01/08/1987
  • Ao vencer Tony Tucker, em Las Vegas, Tyson é campeão pela Federação Internacional de Boxe e unifica o cinturão dos pesos pesados
  • 27/06/1988
  • Invicto, Tyson derrota o também invicto Michael Spinks, naquele que foi apontado como o melhor momento da carreira
  • 11/02/1990
  • Com 37 vitórias no cartel, nenhuma derrota e nove defesas de cinturão, Tyson foi surpreendido e nocauteado por James 'Buster' Douglas
  • De 1992 a março de 1995
  • Tyson é acusado de violentar a miss Desiree Washington, 18 anos, e é condenado à prisão em Indianápolis. Acaba cumprindo três anos de pena
  • 19/08/1995
  • Primeira luta após deixar a prisão. Apesar da grande expectativa, enfrenta um rival pouco expressivo. Resultado: bate Peter McNeeley em 89s
  • 16/03/1996
  • De novo no topo! Derrota Frank Bruno e leva o título do Conselho Mundial. Depois, supera Bruce Seldon pela Associação Mundial
  • 28/06/1997
  • Na revanche após perder o cinturão dos pesados, Tyson morde as duas orelhas de Holyfield e é desclassificado. Foi suspenso e multado
  • 08/06/2002
  • Teve, diante de Lennox Lewis, a última grande luta e a última chance de ser campeão mundial. É nocauteado outra vez, agora no oitavo round
  • 11/06/2005
  • Diante do irlandês Kevin McBride, um adversário inexpressivo, Tyson foi derrotado e despediu-se dos ringues de forma definitiva

 

  • Webster
    A primeira aparição de Mike Tyson em um seriado foi em 1987, no 19º episódio da quarta temporada da série “Webster”, que tinha Alex Karras, ex-jogador da NFL, como uma das estrelas. Tyson aparece em um papel conhecido: como ele mesmo.
  • Mike Tyson PUNCH-OUT!!
    Também em 1987, Tyson tornou-se um dos mais difíceis “chefões” da história dos videogames. No jogo de boxe para Super Nintendo, após derrotar vários lutadores, Tyson era o desafio final e foi responsável por muitos joysticks quebrados.
  • Mike Tyson Boxing OS
    Tyson voltou a dar nome a um jogo em 2000, com “Mike Tyson Boxing”, cuja primeira versão foi lançada para Playstation. O jogo, porém, decepciona os fãs, não empolga e fica muito abaixo dos feitos da carreira do boxeador.
  • Fight Night 4
    Em 2009, porém, Tyson derrotou a decepção da última aparição e voltou em grande estilo aos consoles da penúltima geração, dividindo a capa do quarto jogo da série Fight Night. Ao seu lado, nada mais nada menos do que Muhammad Ali.
  • Balrog
    Em 1991, a série Street Fighter lançou seu 2º jogo. Um dos novos personagens era um boxeador chamado M.Byson. A referência era tão clara que a produtora Capcom, temendo processos, optou por trocar alguns nomes. Byson virou Balrog.
  • Simpsons
    Mike Tyson também sem seu similar na longeva série “Os Simpsons”. Drederick Tatum é um pugilista que volta e meia se envolve em problemas que o levam para a cadeia. O comportamento e o corte de cabelo não negam a homenagem.
  • The Hangover
    Em 2009 Tyson ganhou uma nova geração de fãs ao interpretar a si mesmo na comédia “Se Beber Não Case”. Pode-se dizer que, a partir daí, ele deixou para trás a imagem de um lutador problemático para ser um personagem carismático.
  • The Hangover, Parte 2
    Dois anos depois do primeiro filme, veio a continuação, e Mike Tyson fez uma nova participação: curta, mas épica. Ele aparece no fim do filme, cantando no casamento de um dos protagonistas, em uma das cenas "clássicas" da sequência.
  • Tyson Animal Planet Pombo
    Também em 2011, Tyson foi astro da série “Taking on Tyson”, do Animal Planet, um de seus "trabalhos" mais curiosos. O ex-pugilista treina e compete em corridas de pombos, ave que adora desde a infância. É isso mesmo: corrida de pombos!
  • Tyson Law and Order
    Em 2013, uma participação polêmica na série “Law and Order: Special Victims Unit”, interpretando Reggie Rhodes, que aguardava a execução no corredor da morte. A violência do condenado seria resultado de uma infância traumática.
  • HIMYM
    No mesmo ano, ele fez uma aparição mais descontraída e, aproveitando sua “veia humorística”, foi personagem no episódio “Bad Crazy” da série “How I Met Your Mother”, ajudando uma das protagonistas a cuidar de um bebê.
  • Tyson Mysteries
    Desde 2014, Tyson tem sua própria série animada. Veiculada no canal Adult Swin, Tyson resolve mistérios no melhor estilo “Scooby-Doo”, tendo ao seu lado um fantasma, sua filha adotiva e um outro elemento um tanto peculiar... um pombo.
  • Tyson e Tupac
    Mike Tyson também tem ligação com a música. Ele era muito amigo do rapper Tupac Shakur, que até gravou um música especialmente para sua entrada no ringue. Tupac morreu em 1996, baleado justamente após uma luta de Tyson.
  • Tyson e Madonna
    Dois ícones da cultura pop dos anos 80 estão juntos no álbum “Rebel Heart”, que Madonna lançou em 2015. O discurso que abre a música “Iconic” é de Tyson. "I'm the best the world has ever seen", "Sou o melhor que o mundo já viu", diz.
  • Tyson Zone
    Tyson virou uma referência sobre como celebridades não devem se portar. Assim, Bill Simmons, da ESPN, criou a “Tyson Zone”, quando qualquer história de um astro problemático, por mais insana que seja, passa a ser considerada verdadeira.

*Reportagem de Antônio Strini, Gustavo Faldon, Rafael Belattini e Rafael Valente. Artes de Bárbara Resende, Dalton Cara e Gabriel Lucki.

Comentários

ESPECIAL - Tyson 50 anos: a trajetória do campeão em números e fatos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.