Ex-braço direito e 'anjo da guarda' de Neymar agora aciona o pai do atleta na Justiça

Diego Garcia e Rafael Valente, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Reprodução
Musa e Neymar eram inseparáveis há cinco anos
Musa e Neymar eram inseparáveis há cinco anos

Eduardo Musa trabalhou com Neymar por cinco anos, quando foi, no período, o principal responsável por gerir a imagem do atacante do Barcelona. Mas, agora, briga na Justiça contra o pai do atleta e suas empresas.

Conforme apuração do ESPN.com.br, Duda - como Musa é conhecido - ingressou com ação no Poder Judiciário buscando indenização monetária pelo período em que acompanhou a carreira da principal estrela do futebol brasileiro.

Eduardo Musa quer, na Justiça, o reconhecimento de seu vínculo trabalhista com Neymar ao longo dos cinco anos em que era considerado o braço direito do jogador, além de seu "anjo da guarda".

No caso, Duda era contratado como pessoa jurídica, e não física. Se a Justiça reconhecer o vínculo, o ex-prestador de serviços das empresas de Neymar terá uma quantia considerável para receber do jogador.

A ESPN procurou Eduardo Musa para comentar sobre o caso, mas ele pediu para não se manifestar.

As empresas de Neymar, por outro lado, confirmaram a existência do processo e disseram que, inclusive, já receberam a citação oficial por parte da Justiça.

Entenda a briga

O imbróglio de Duda é com o pai do atleta. Musa rompeu com Neymar em outubro do ano passado, conforme divulgou a ESPN de forma exclusiva na época. A briga foi motivada por dinheiro, uma vez que o pai do camisa 11 quis cortar pela metade a porcentagem do ex-funcionário nas negociações, o que o irritou.

De acordo com fontes ouvidas pela publicação, Neymar pai fez uma proposta a Eduardo Musa: 10% de comissão nos vínculos publicitários do jogador amarrados por ele a partir dali. O problema é que, antes disso, Duda ganhava o dobro: 20%. Assim, não aceitou a oferta e seguiu a vida.

Para se ter uma ideia, os ganhos com publicidade são a principal fonte de renda de Neymar, maiores até que seus salários e prêmios anuais no Barcelona, que ultrapassam R$ 50 milhões anuais. E Eduardo Musa participou de vários acertos de marketing do jogador desde 2011, quando começou no cargo.

Musa começou a trabalhar com Neymar no ano em que o craque santista estourou, em 2010, após o atleta brigar com Dorival Júnior e Renê Simões, então técnico do Atlético-GO, comparar a personalidade do atacante a "um monstro" no sentido negativo da palavra.

Duda era gerente de novos negócios do Santos e, a partir daí, passou a trabalhar exclusivamente com Neymar, de olho em trabalhar com a imagem do atleta. Virou, então, presença garantida ao lado do camisa 11, seja em eventos profissionais ou sociais.

Posição oficial de Neymar

Procuradas pela reportagem, as empresas de Neymar confirmaram a existência da ação e enviaram nota oficial à reportagem. Confira, a seguir:

"As empresas NR Sports e N&N Consultoria realmente já foram citadas e formalmente comunicadas acerca da Reclamação Trabalhista promovida pelo ex-funcionário do Santos Futebol Clube, Eduardo Musa, e sócio da empresa de marketing E.M.C BRAVO.

Essa informação é pública e consta do sítio do TRT da 2a região, www.trt2.jus.br.

Em relação ao conteúdo específico da Reclamação Trabalhista, não nos pronunciaremos em razão do segredo de justiça deferido pelo juízo, que atendeu ao pedido do próprio Reclamante Eduardo Musa, que poderá oferecer, querendo, informações detalhadas da sua pretensão.

Em respeito ao segredo de justiça determinado, confirmarmos apenas o que é público e notório, noticiado à exaustão pela imprensa, que no período em que pretende o reconhecimento do vínculo empregatício com as empresas Eduardo Musa era funcionário do Santos Futebol Clube, responsável pelo Departamento de Carreira e, posteriormente, como empresário que se dedica até hoje sua atividade na área de marketing esportivo, prestou serviços por intermédio da empresa de sua titularidade E.M.C Bravo Marketing - ME, atualmente Bravo Sports Business".

Mauro cobra 'mais responsabilidade' de Neymar: 'Ele tem que amadurecer'

 

 

Comentários

Ex-braço direito e 'anjo da guarda' de Neymar agora aciona o pai do atleta na Justiça

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.