'Quarentão' segura Áustria, e Hungria volta a vencer na Eurocopa após 52 anos

ESPN.com.br
Getty
Ádam Szalai comemora gol contra a Áustria com torcedores da Hungria na Eurocopa
Ádam Szalai comemora gol contra a Áustria com torcedores da Hungria na Eurocopa

Invicta nas eliminatórias, a Áustria estreou na Eurocopa com derrota. Na tarde desta terça-feira, em Bordeaux, na França, a seleção foi surpreendida pela Hungria, que venceu por 2 a 0 e voltou a provar o sabor de um triunfo na competição mais importante do continente depois de 52 anos.

Foi, inclusive, apenas a segunda vitória húngara na Eurocopa, já que o time só havia batido a Dinamarca, em junho de 1964 - triunfo por 3 a 1, na disputa do terceiro lugar naquela ocasião. O resultado nas outras três partidas no torneio, que o país não disputava desde 1972, haviam sido derrotas.

O primeiro gol da partida foi anotado pelo atacante Ádam Szalai, que atua no futebol alemão, aos 17 minutos do segundo tempo. O jogador do Hannover fez boa tabela com o meio-campista Laszlo Kleinheisler, do também alemão Werder Bremen, e saiu de frente para as redes para marcar.

Já aos 42, quando a Áustria jogava com um homem a menos (Aleksandar Dragovic foi expulso aos 21), Zoltan Stieber, que havia entrado no lugar de Kleinheisler pouco antes, deu números finais ao duelo, em contra-ataque, com um toque de categoria por cobertura no goleiro Robert Almer.

A vitória também teve sabor especial para o húngaro Gabor Kiraly, que fez história simplesmente por entrar em campo. Com 40 anos, dois meses e 15 dias, o goleiro superou o recorde que era do alemão Lothar Matthäus, que em 2000, disputou um jogo da Euro com 39 anos, dois meses e 30 dias.

Getty
Gabor Kiraly, jogador mais velho a atuar na Euro, faz defesa em Hungria x Áustria
Gabor Kiraly é jogador mais velho a atuar na Euro

O agora jogador mais velho a atuar em uma Eurocopa, inclusive, foi um dos responsáveis pelo fato de os austríacos terem passado em branco na estreia, com boas intervenções, principalmente, no primeiro tempo - na melhor delas, se esticou e pegou com a mão esquerda chute de Zlatko Junuzović.

Quando ainda sentia o sabor do recorde, logo no início da partida, Kiraly também contou com a sorte. Logo aos 30 segundo de jogo, David Alaba, do Bayern de Munique-ALE e grande referência da seleção austríaca, acertou a parte interna da trave em chute de fora da área, mas a bola saiu.

Mais do que pela impressão inicial, a Áustria era a grande favorita contra os húngaros depois de ter se classificado de maneira invicta nas eliminatórias da Euro, com nove vitórias e apenas um empate, liderando o grupo G - a Hungria, por sua vez, só chegou ao torneio através da repescagem.

Após largar na frente no grupo F da Euro, a Hungria volta a campo no próximo sábado, quando encara a Islândia, às 13h. Já a Áustria enfrenta Portugual, no mesmo dia, às 16h. Portugueses e islandeses completam a primeira rodada da chave ainda nesta terça, às 16h (todos os horários de Brasília).

Comentários

'Quarentão' segura Áustria, e Hungria volta a vencer na Eurocopa após 52 anos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.