Craque de final e ídolo na Rússia, brasileiro aceita proposta 30% menor do Barcelona

Henrique Munhos, do ESPN.com.br
Divulgação
Rômulo conquistou o quarto campeonato russo na última quinta-feira
Rômulo conquistou o quarto campeonato russo da carreira na última quinta-feira

A última quinta-feira marcou o 10º título nacional do time de futsal do Dínamo Moscou. Na final do Campeonato Russo, disputada em uma melhor de cinco jogos, o time dos brasileiros Ari, Fernandinho, Nando, Pula, Gustavo, Cirilo e Rômulo venceu o Ugra/Gazprom por 5 a 2 na prorrogação.

Autor de um dos gols, Rômulo foi eleito o craque da final. O fixo, naturalizado russo, está de saída do time de Moscou e será jogador do Barcelona na última temporada. Segundo apurou o ESPN.com.br, ele ganhará de 25% a 30% menos do que recebia no país sede da Copa do Mundo 2018.

"Financeiramente não, mais profissionalmente e pessoalmente sem dúvida estou indo pra o lugar certo. Barcelona hoje é a melhor equipe em estrutura no futsal e estou muito feliz e motivado pra chegar no meu novo clube", disse o jogador.

Foram seis anos de Rômulo na Rússia, tendo conquistado quatro campeonatos nacionais, 4 copas e um Mundial de Clubes. Naturalizado para jogar pela seleção local, ele superou as dificuldades com o frio e se adaptou completamente ao país.

"Morar em Moscou no início foi difícil por conta do clima e língua. Cheguei a moscou sem nunca ter visto neve na vida e já peguei um inverno rigoroso de -30 -35ºC. Os anos foram passando e hoje posso dizer que Moscou é minha casa. Adoro viver aqui", declarou.

Solidão no aeroporto e confusão com ex-Vasco

Divulgação
Jogador se naturalizou e hoje defende a Rússia
Jogador se naturalizou e hoje defende a Rússia

Além do frio, a chegada de Rômulo na Rússia foi difícil desde o primeiro momento. "Cheguei no aeroporto e o tradutor esqueceu de ir me buscar. Fiquei 3 horas sentado esperando com o telefone descarregado. Por um milagre consegui comprar um cartão e ligar pro Pula (jogador brasileiro também naturalizado russo) ir me salvar dessa."

Também no aeroporto, ele foi confundido com o volante do Spartak Moscou, Rômulo, ex-jogador do Vasco da Gama, e com isso recebeu muita atenção dos torcedores. "O policial viu meu passaporte e me confundiu com o Rômulo ex-Vasco. Não peguei nem fila mais. Eu dei até autógrafo como se fosse o Rômulo. Depois junto com ele aqui em casa contei a história e ele deu muita risada', finalizou o novo reforço do Barcelona.

Comentários

Craque de final e ídolo na Rússia, brasileiro aceita proposta 30% menor do Barcelona

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.