Almejando elite nacional, Bragantino estreia na Série B contra o Vila Nova

Gazeta Press
Gazeta Press
Jogadores do Bragantino comemoram gol
Jogadores do Bragantino comemoram gol

Vila Nova e Bragantino se enfrentam, no estádio Serra Dourada, pela 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De volta a segunda divisão, o time goiano vem recheado de reforços para a disputa da competição, enquanto o Massa Bruta está embalado com a campanha que faz na Copa do Brasil.

Um dos objetivos do Bragantino no início da temporada era garantir vaga na elite do Campeonato Paulista, mas foi eliminado pelo Batatais nos pênaltis nas quartas de final. A decepção com a eliminação já foi superada, no entanto, com o bom desempenho na Copa do Brasil - na última terça-feira, o clube bateu o Avaí e seguiu para a terceira fase da competição.

Em 2015, o Bragantino ficou a cinco pontos de garantir o seu lugar na primeira divisão do Campeonato Brasileiro, terminando em sexto lugar. Na Série B deste ano, a expectativa de Léo Conde é dar a volta por cima e garantir o acesso, baseando a sua equipe em atletas como o goleiro Felipe, ex-Corinthians, o volante Edson Sitta e o atacante Elder Santana.

Campeão da última Série C, o Vila Nova continua se reforçando para disputar a segunda divisão e já está na casa do 10º contratado. O time não fez feio no Campeonato Goiano deste ano, sendo eliminado apenas pelo Goiás, na semifinal.

Depois de ter sido rebaixado em 2014, o clube procura manter estabilidade para conquistar o sonhado acesso à elite nacional.

FICHA TÉCNICA:
VILA NOVA X BRAGANTINO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 13 de maio de 2016, sexta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Assistentes: Jose Araujo Sabino (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)

VILA NOVA:  Edson; Jeferson Feijão, Reginaldo, Vinícius Simon e Marcelo Cordeiro; Victor Bolt; Robston, Dudu, Roger e Jean Carlos; Diego Cardoso. Técnico: Rogério Mancini

BRAGANTINO: Felipe; Alemão, Douglas Silva, Éder Lima e Bruno Pacheco; Erick, Serginho, Edson Sitta e Zambi; Eliandro e Elder Santana. Técnico: Léo Condé